Rocha artificial no aquário marinho

Leo Carvalho

Well-Known Member
Eu apoio o ReefClub!
18 Outubro 2014
5.397
7.308
113
Nova Friburgo RJ
www.sierrareef.com
#1
Aquário marinho de rochas vivas tornou se um dos paradigmas em nosso hobby e não há duvidas quando pensamos em beleza e naturalidade que as rochas vivas dão ao visual do aquário, no entanto, rochas vivas são estruturas fósseis que demoram muitos anos a se formarem e são parte integrante de um enorme ecossistema chamado de recife. As rochas vivas estão para o recife de coral como os ossos para o nosso corpo.

A estrutura recifal só é possível se as larvas de novos corais encontrarem a superfície dura das rochas, onde elas então poderão se fixar e dar origem as belas formações coralinas. Sendo proibidas a extração das rochas vivas no brasil ou não, esse tema deve ser pensado com muito cuidado quando nos aquaristas marinhos somos uma das poucas esperanças quando falamos de engajamento na proteção desse frágil e rico ecossistema.



Atualmente além das rochas artificiais feitas de cimento podemos contar com as rochas sintéticas, feita de material plástico. Essas rochas artificiais tem um aspecto muito realista que reproduz com muita fidelidade todos os aspectos estéticos de uma rocha viva natural.



Uso atualmente em meu aquário somente rochas sintéticas a mais de 1 ano e meio e posso dizer que durante esse período não houve qualquer demérito por parte delas. Posso enumerar na verdade diversas qualidades alias, tais como:



Leveza – essas rochas pesam poucas gramas, são extremamente leves e ao mesmo tempo são muito estáveis. É possível levantar uma rocha dessa, mesmo quando estão cobertas de corais, apenas com uma das mãos.



Estabilidade – elas contem uma estrutura cavernosa com aspecto muito interessante sem que para isso tenhamos que colar diversas rochas menores ou empilhar las correndo assim o risco do desmoronamento, posso dizer então que com as rochas sintéticas não há riscos de esmagamento de peixes e corais e nem tão pouco acidentes que possam causar rachaduras no fundo do aquário.



Inertes – no aspecto químico físico são inertes, incapazes de liberar toxinas na água e ainda tem a vantagem de não produzir aquele pó comum às rochas naturais decorrente de sua erosão.



Inócua – ela vem isenta de pragas como algas, carangueijos, hidroides e etc, dispensando assim o tratamento prévio com hipoclorito de sódio.



Colonizáveis – Em sua superfície é possível o crescimento de corais, algas e ainda habitação de seres bentônicos como em qualquer outra rocha.



Estéticas – são belas, com características muito próximas das naturais e com um visual clean e após algum tempo de uso ficam totalmente iguais as rochas naturais, pois em sua superfície cresce com muita facilidade algas calcárias ( alga pink), poliquetas e qualquer outra estrutura comum em uma rocha natural



Ecológica – esse em meu ponto de vista é o principal benefício que podemos ter com o uso dessas rochas, não estamos retirando da natureza algo tão importante para o desenvolvimento dos recifes naturais.

Aqui em baixo deixo algumas fotos de aquários que foram montados totalmente com rochas sintéticas plásticas como exemplo de que a estética não fica comprometida por não usarmos as rochas naturais



aquário do amigo Roberto Lopez


aquário do amigo Roberto Denadai



aquário do amigo Ciro Riskallah


Esse é o meu, bem mais humilde....


abraços a todos, esperem que gostem, eu retirei esse assunto do meu blog www.sierrareef.com
 

Jose Mayo

Moderator
Staff member
Eu apoio o ReefClub!
10 August 2014
2.403
2.954
113
Rio de Janeiro
www.reefclub.com.br
#3
Muito bom, Leo!

Muito legal o teu testemunho e, de fato, na função de suporte à macro-biologia e na aparência, as "rochas plásticas", ou "plaststones" como o Ciro gosta de chamá-las, substituem perfeitamente e com vantagem (como você mesmo cita), as rochas naturais de recife, vivas ou não.

O que as rochas plásticas não fazem, e é importante que se diga, é a função de "filtração". Um display suportado em "plaststones" e sem substrato (bare botton - BB ), como o do Ciro, ou essa montagem do Denadai que você usou como exemplo, depende de um sistema de filtração biológica à distância, geralmente implantado no sump, que pode ser um RDSB ("Remote Deep Sand Bed" - leito de areia profundo à distância), ou então, como o Ciro fazia, algumas caixas a mais de Siporax, ou outro vidro sinterizado qualquer, para oferecer estrutura de fixação, com área suficiente, ao pool bacteriano aeróbico "nitrificador" (amônia -> nitrito -> nitrato) e, com projeto adequado e alguma sorte, também o pool bacteriano "denitrificador" (nitrato -> nitrito -> NO -> N2), este último sendo anaeróbico e dependendo de se obter ou não áreas de baixa tensão de oxigênio ou anóxicas, na "profundidade" do filtro, para que ali se desenvolva.

Já as rochas artificiais feitas de "aragoncrete" (concha moída, areia e cimento portland), se construídas com boa técnica, boa porosidade e se maturadas convenientemente para ajustar a alcalinidade, também substituem as rochas naturais de recife com perfeição e, nestas, há possibilidade de formação de um bom filtro biológico, quase tão bom quanto o que se forma em rochas naturais (não as de recife, as de "mina"), como as chamadas "Zanzibar", rochas carbonáticas minerais, lavradas em terra firme como os mármores e granitos e que curiosamente não tem nada a ver com o Arquipélago de Zanzibar na costa da Tanzânia (costa oriental da África), que leva o mesmo nome, mas sim com as Filipinas, que é o seu principal exportador.

Forte abraço
 


Likes: Thiago Tross

Bruno Verpa

New Member
Membro Honorário
16 Outubro 2014
2.131
1.304
0
32
Santo Andre
#4
A pouco tempo comecei a fazer as bases de corais com massa plasctica e é incrivel como uma ameda como eu, com pouco de criatividade pode fazer, isso apenas nas bases de corais, imagina em uma grande rocha
No meu proximo projeto eu mesmo farei minhas rochas de plastico, é muito simples mesmo, assim tambem durmo em paz com minha consciência. E sem contar que como vc mesmo vai fazer, voce ja pode imaginar e fazer de forma que ja produza as rochas com as tocas e bases retas para a colagem dos corais.
No mais, os prós e contras ja foram citados acima, acho que existe muito mais prós do que contras, pois por exemplo, 01kg de rocha Zanzibar, custa em média R$18,00.
Com este valor eu comprei o isopor, para servir de molde, comprei um lata de massa plastica e a espatula (que de preferencia tem que ser com uma lamina dura) e um potinho para dar cor as rochas. Gatei uns R$25,00 com isso tudo, porem pelo tamanho do isopor da pra fazer mais umas 50 bases no mínimo
Com este material eu fiz cerca de 10 bases para corais e poderia ter feito mais alguma, é que preferi fazer algumas ocas e outras recheada completamente com a massa
 
Likes: 2 people

Leo Carvalho

Well-Known Member
Eu apoio o ReefClub!
18 Outubro 2014
5.397
7.308
113
Nova Friburgo RJ
www.sierrareef.com
#5
Muito bem colocado Mayo!!!! havia esquecido desse adendo.

A superfície das rochas plásticas são apropriadas para a formação de filme bacteriano, mas não saberia dizer se é o suficiente para a filtragem de um sistema, porem não serve para a colonização de bactérias anaeróbias e com isso é realmente imprescindível que tenhamos um sistema de filtragem biológica a parte, como no meu caso uso uma caixa com 30 litros mais ou menos de siporax.
Vejo uma vantagem em não depender também das rochas para a plena filtragem do sistema, já que uma mídia definida especificamente para esse fim tem suas vantagens tais como uma maior zona de acomodação para as bactérias, sem que com isso tenha que poluir visualmente o aquário com dezenas de quilos de rochas e a outra vantagem seria a portabilidade desse nicho bacteriano se no caso quiser montar um novo aquário ou tiver que por algum motivo fazer o uso de medicamento no aquário .

As rochas de concretos são ótimas mesmo, tanto que são feitos recifes artificiais em substituição aos recifes naturais destruídos pelos homens, com elas. Porem o apelo visual dentre outras qualidades das rochas plásticas não são facilmente atingidas com as de concreto.

O importante é que é possível mantermos aquário bonitos e saudáveis, com aspecto natural sem que tenhamos que destruir os recifes naturais.

abraços
 
Likes: Thiago Tross

Júnio Melo

Born to dive, forced to work!
10 August 2014
5.633
7.261
113
Belo Horizonte
#6
Atualmente utilizo as rochas sansibar.
Também apresentam um baixo índice de porosidade, de tal forma que não tem tanta capacidade para formação de camadas anaeróbias.
Creio que tanto as sansibar quanto as plásticas quebraram um pouco do mito da necessidade absoluta de rochas vivas para a manutenção de aquários marinhos de corais.
 

Júnio Melo

Born to dive, forced to work!
10 August 2014
5.633
7.261
113
Belo Horizonte
#7
Engraçado como são as coisas.... discutimos isto aqui, e olha o que achei agora na reefbuilders:

Está certo que a discussão tem o seu viés comercial, mas os testes são interessantes e a discussão no texto da página parece muito com o que está escrito aqui, desmistificando a necessidade de uma grande quantidade de rochas vivas de alta porosidade no aquário.
 
Likes: 2 people

Bruno Verpa

New Member
Membro Honorário
16 Outubro 2014
2.131
1.304
0
32
Santo Andre
#11
@Bruna Nogueira, vc por ser mulher ja nasceu com bom gosto próprio, rs
Você ja pensou em fazer suas próprias rochas com resina plastica? É a coisa mais simples que tem, nem precisa de habilidades manuais e você pode dar o formato que desejar as rochas
Existe uns vídeos do @Joao Basso explicando como se faz, se tiver alguma dificuldade posso tentar te ajudar
 
Likes: 2 people
3 Novembro 2014
679
333
0
Curitiba - PR
#12
Muito legal este tópico, eu a um tempo atras fiz um marinho com Background 3D e mais de 80 % artificiais feita de halimeda de desmanche de aquário aragonita e cimento estrutural branco ficou muito bom com resultado igual ao usar só rocha vivas!
Parabéns pelo tópico!
Abraço.
 
3 Novembro 2014
4
7
0
41
Curitiba - PR
#13
Eu também parti para o mundo das rochas artificiais. Uso as da mesma marca do Leo Carvalho. Até agora eu só vejo vantagens no uso delas. Mas claro que tenho um aporte de 8 litros de siporax. Entre as principais cito o fato de não esfarelarem, de não se perder em litragem de água por serem ocas e o visual matador a principal desvantagem hoje é o preço.
Meu aquario ainda é muito novo para eu dar um parecer 100%. Mas por enquanto, recomendo a todos.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk
 
Likes: 4 people
5 Novembro 2014
682
507
0
#14
@Bruna Nogueira, vc por ser mulher ja nasceu com bom gosto próprio, rs
Você ja pensou em fazer suas próprias rochas com resina plastica? É a coisa mais simples que tem, nem precisa de habilidades manuais e você pode dar o formato que desejar as rochas
Existe uns vídeos do @Joao Basso explicando como se faz, se tiver alguma dificuldade posso tentar te ajudar
Obrigada Bruno, na verdade, o aquário marinho sempre foi um sonho (que eu imaginava nunca realizar, mas estava sempre namorando na internet) até que meu filho de 4 anos me pediu um aquário. Fomos a uma loja (de aquários de água doce, única em minha cidade) e ele disse assim, "Mamãe, não é nenhum desses que eu quero... Não tem nenhum peixe do mar e nem corais aqui..."
Então juntei o útil ao agradável... Montarei meu primeiro aquário marinho, mas pra isso estou estudando há uns 8 meses, pois quero fazer da melhor forma possível.
O @Joao Basso é um amor de pessoa, super prestativo. Já vi todos os vídeos dele ou que falam sobre ele no Youtube. Tenho contato com ele pelo Skype.
Vou tentar fazer uma rocha, vamos ver o que vai sair... Depois te mostro, pode ter certeza...
 
Likes: 5 people
18 December 2014
84
12
0
Vila Carrão
#16
Pessoal,

gostei deste tópico. Apesar da industria de cimento ser a grande vilã no uso de rochas, se pudermos ajudar melhor (y)

Eu vou fazer um experimento com um rocha criada a base de Cerâmica. Eu me basei em alguns aquarios alemães e fui buscar informações. Pelo que pesquisei, o grande risco é a cerâmica soltar Silica, ou seja, entupir de alga.

Eu deixei a "rocha" dentro de um tanque por quase dois meses, trocando a agua semanalmente. Não fiz o teste para silica (deveria mas como não fiz no inicio por não ter certeza da eficacia, tambem não vou fazer agora). Espero mudar meu aquario agora entre Natal e ano novo.

Aqui estão as fotos do que fiz. Alias, pedi para fazer. Solicitei a uma ceramista que fizesse este desenho. O custo, ficou em R$200,00. Se funcionar, pretendo utilizar no meu proximo aquario.





Depois posto como ficou com com os corais....

Abraços,
 

Membros que estão vendo este Thread (Membros: 0, Convidados: 1)

Top Bottom