Reator de cálcio borbulhando feito um skimmer

4 Novembro 2014
39
32
18
São Paulo - SP
#1
Fala galera,

alguém ja passou por este problema?

Tenho um reator bubble magus (modelo c120 antigo) e desde quando instalei estou com este problema, parece que a agua esta fervendo dentro do reator. Como se houvesse uma entrada de ar maior e fica preso dentro do reator e no caso do reaproveitamento de CO² manda para a bomba que transforma em micro bolhas que acumulam debaixo da midia e se juntam e sobem com bolhas grandes, uso fluxo baixo e menos de 60 bolhas / minuto.
Já troquei o reator de lugar (afoguei mais ele no sump) imaginando que poderiam ser as conexões da bomba mas nada.

Fluxo de agua bem fino quase gotejando.

CO² 45 a 55 bolhas / minuto

Agradeço a ajuda.

Abs

Marcelo
 
19 April 2017
138
158
43
39
São Paulo Capital
#2
Oi Marcelo, tudo bem? Tenho o mesmo reator e também acontece isso comigo. Borbulha e faz um barulho de fervura. Estou agora no meio da fase de baixar o Ca e o MG do aquário com reator desligado e fluxo todo aberto. obviamente ele não borbulha. Não sei também como resolver esse problema. Mas assim que terminar o processo acima, vou tentar regular novamente e posto aqui os resultados. Enquanto isso, vou acompanhar pra ver se alguém já conseguiu resolver isso! abs,
 
4 Novembro 2014
39
32
18
São Paulo - SP
#3
Oi Marcelo, tudo bem? Tenho o mesmo reator e também acontece isso comigo. Borbulha e faz um barulho de fervura. Estou agora no meio da fase de baixar o Ca e o MG do aquário com reator desligado e fluxo todo aberto. obviamente ele não borbulha. Não sei também como resolver esse problema. Mas assim que terminar o processo acima, vou tentar regular novamente e posto aqui os resultados. Enquanto isso, vou acompanhar pra ver se alguém já conseguiu resolver isso! abs,
Show Diego, saber que tem outra pessoa passando por isso me deixa um pouco tranquilo, pensei que podia ser falha no equipamento uma vez que eu o comprei usado.
Eu tiro o ar regulo o fluxo mas não dá nem 24hs ele começa a borbulhar e o conta bolha para e sem mais sem menos solta umas 5 bolhas de uma vez.

Se for o reator que é ruim vou troca-lo, agora se a regulagem for dificil deste jeito acho melhor partir para uma dosadora...rsrs..

Obrigado pela resposta e um gde abraço

Marcelo
 


19 April 2017
138
158
43
39
São Paulo Capital
#4
Show Diego, saber que tem outra pessoa passando por isso me deixa um pouco tranquilo, pensei que podia ser falha no equipamento uma vez que eu o comprei usado.
Eu tiro o ar regulo o fluxo mas não dá nem 24hs ele começa a borbulhar e o conta bolha para e sem mais sem menos solta umas 5 bolhas de uma vez.

Se for o reator que é ruim vou troca-lo, agora se a regulagem for dificil deste jeito acho melhor partir para uma dosadora...rsrs..

Obrigado pela resposta e um gde abraço

Marcelo
Opa Marcelo, eu comprei o meu novo, e tenho esse problema desde que instalei há 2 anos.

Já tentou injetar menos Co2? menos bolhas por segundo? O reator está regulado para a sua demanda de Ca e KH? Pois no meu caso esta será minha próxima tentativa, em breve. Minha mídia dissolve com PH um pouco mais alto, então não preciso injetar tanto Co2. Uma forma que aprendi é fixar o fluxo, medir KH de manhã com Co2 numa pressão baixa, entre 1 e 2 Bar (ou 7 PSI no meu caso), medir a tarde, baixou? aumentar um pouquinho o Co2, bem pouco, medir na manhã seguinte, estabilizou, o reator está regulado. Seguir o conta bolhas é o que fazia, mas na verdade acho que a forma mais correta é essa que me explicaram aqui. talvez possa ajudar a resolver esse problema. Vou fazer isso e testar e posto os resultados.

Dá uma olhada também neste tópico que recebi ajuda sobre a minha dificuldade de regular o reator de cálcio antes de surtar e partir para a doadora...eu tb quase joguei a toalha já...rsrsrs...mas no meu caso dosar sai muito mais caro, ainda vou até o fim com isso, mesmo que no final tenha que trocar de equipo/marca.

https://reefclub.net.br/index.php?threads/regulagem-reator-calcio.5281/page-2#post-120734

Existem outros tópicos sobre regulagem equipamentos necessários, outros assuntos correlatos também aqui no Fórum que pesquisei.

Um item que é fundamental é um regulador de pressão de ótima qualidade que mede alta pressão e baixa pressão. isso faz a diferença.

abs,
 
Likes: Eduardo Dias

Alex Costa

Moderator
Eu apoio o ReefClub!
11 May 2015
1.785
5.086
113
Itupeva - SP
www.flickr.com
Instagram
nimrod1971
#6
Fazem umas duas decadas que não uso mais reator de cálcio, mas acho 60 bolhas por minuto muita coisa

Qual o PH do seu efluente ?

Que mídia voce está usando ?

Mesmo borbulhando ele está mantendo KH e cálcio estáveis e no valor planejado ?

Eu uso um reator monstro (SRO 5000 com DUAS câmaras) num tanque igualmente grande entupido de sps e não uso 60 bolhas/min.......................
Não sei daonde o pessoal tira essas regulagens
 

Alex Costa

Moderator
Eu apoio o ReefClub!
11 May 2015
1.785
5.086
113
Itupeva - SP
www.flickr.com
Instagram
nimrod1971
#7
Fluxo de agua bem fino quase gotejando.

CO² 45 a 55 bolhas / minuto

Marcelo

O fluxo é muito pouco prá uma qtde muito grande de gás..............
Eu deixo um fluxo continuo....com vazão grande...com menos bolhas por minuto......num reator muito maior que o seu.............
 
4 Novembro 2014
39
32
18
São Paulo - SP
#8
Show galera...
Diminui a quantidade de bolhas por minuto... deixo um fluxo baixo quase gotejando. Tenho uma probe de pH e controlo de 6,70 ate 6,60 o ph dentro da camara mesmo assim vejo formar um pouco de gás na parte superior do reator
Vou ler o tópico com carinho

Obrigado amigos pelas informações.
 

Alex Costa

Moderator
Eu apoio o ReefClub!
11 May 2015
1.785
5.086
113
Itupeva - SP
www.flickr.com
Instagram
nimrod1971
#9
Eu sempre vejo o pessoal falando em PHs abaixo de 7,0....na faixa de 6,7 a 6,9 prá derreter mídia.
Eu sempre usei um PH maior, acima de 7,0, e sempre funcionou.
A diferença prática é que a Reserva do efluxo fica menor, e é necessário "compensar" isso com uma vazão maior na saída.
Eu deixo um filete fino e contínuo.

Com isso eu noto 3 vantagens:
1 - PH mais alto implica em menos gás injetado no sistema, com menor chance de acúmulo dentro do reator
2 - O fluxo maior na saída torna o entupimento da mesma mais difícil.
3 - Injetando menos gás teremos um PH maior no efluxo, o que vai ter um impacto menor no PH do sistema.

Atualmente eu deixo o PH na primeira câmara em 7,10, por causa de um aumento de consumo.
Até recentemente eu usava um PH de 7,40 e funcionava perfeitamente com mídia da ARM. já usei Reborn com o mesmo PH sem problemas.





PH em abril de 2019:
PH-04-19.jpg









PH em 07/2019:
PH-07-19.jpg
 
Last edited:
4 Novembro 2014
39
32
18
São Paulo - SP
#10
Eu sempre vejo o pessoal falando em PHs abaixo de 7,0....na faixa de 6,7 a 6,9 prá derreter mídia.
Eu sempre usei um PH maior, acima de 7,0, e sempre funcionou.
A diferença prática é que a Reserva do efluxo fica menor, e é necessário "compensar" isso com uma vazão maior na saída.
Eu deixo um filete fino e contínuo.

Com isso eu noto 3 vantagens:
1 - PH mais alto implica em menos gás injetado no sistema, com menor chance de acúmulo dentro do reator
2 - O fluxo maior na saída torna o entupimento da mesma mais difícil.
3 - Injetando menos gás teremos um PH maior no efluxo, o que vai ter um impacto menor no PH do sistema.

Atualmente eu deixo o PH na primeira câmara em 7,10, por causa de um aumento de consumo.
Até recentemente eu usava um PH de 7,40 e funcionava perfeitamente com mídia da ARM. já usei Reborn com o mesmo PH sem problemas.
Fala Alex, como vai?

Estou aprendendo ainda com reator de cálcio, e antes de iniciar perguntei muito aos amigos, e sempre me disseram que pH acima de 6.80 na câmara de reação era jogar CO² fora, pelo que li agora não é bem por ai.
Acho que a midia que veio com ele é ARM misturada com a Reborn...rsrsrs... Vou fazer os testes e posto aqui os resultados.

Irei me inteirar melhor sobre o funcionamento do reator e vou modificar minhas configurações.

Agradeço pelos informativos e respostas dos amigos.
 
4 Novembro 2014
39
32
18
São Paulo - SP
#13
Não entendo bem qual a lógica dessa afirmação.
Como injetar menos gás prá trabalhar com PH mais alto pode ser desperdício de CO2?
Qual explicação te deram?
Desculpe Alex se me expressei mau.
Realmente tem razão, pH maior menos CO².

O que disse é que como não conhecia o assunto fui orientado a deixar abaixo de 6.8, mas não me disseram o porque, entende. Sei que pH abaixo de 7 é considerado acido. mas realmente não sabia que podia deixa o pH assim 7 ou acima, acho que me expressei de forma errada.

Agradeço pela ajuda
 
19 April 2017
138
158
43
39
São Paulo Capital
#14
Eu sempre usei um PH maior, acima de 7,0, e sempre funcionou.
Alex, você usa Apex certo? você deixa o PH dentro do reator em 7, mas acionando e desacoitando o Co2 ou contínuo? Sem solenóide?
Desculpe Alex se me expressei mau.
Realmente tem razão, pH maior menos CO².

O que disse é que como não conhecia o assunto fui orientado a deixar abaixo de 6.8, mas não me disseram o porque, entende. Sei que pH abaixo de 7 é considerado acido. mas realmente não sabia que podia deixa o pH assim 7 ou acima, acho que me expressei de forma errada.

Agradeço pela ajuda
Quando montei o aquário fui orientado pelo lojista a deixar 1 bolha por segundo. Não tinha nem medidor de PH no reator, nem solenóide. Uso cilindro de alumínio de 3kg. Apenas testava o KH do aquário. Na época, há uns 2 anos, pesquisando na internet, vi umas regrinhas sobre fluxo versus aumento de Co2/bolhas que mais me bagunçaram a cabeça do que resolveram e desde então a dificuldade na regulagem é constate. Agora que estou conseguindo entender com a ajuda aqui do Alex.

Cilindro estou usando de alumínio e um regulador que é vendido pela plantados.com.br com apenas um manômetro.
parecido com o meu primeiro regulador, apenas controlava a pressão do cilindro, e controlava a saída do Co2 pelo conta bolhas apenas. Agora estou usando um carbon doser, mas a diferença é que tem a pressão de injeção do gás (baixa) além do manômetro principal e um conta bolhas eletrônico.

Até recentemente eu usava um PH de 7,40 e funcionava perfeitamente com mídia da ARM. já usei Reborn com o mesmo PH sem problemas.
Alex, será que por conta de ter 2 câmaras de mídia com uma quantidade grande de mídia, o PH mais alto faça a mídia dissolver ? E no nosso caso, nesse modelo de reator, por ter menor quantidade de mídia na câmara temos que trabalhar numa faixa menor para ter mais KH na saída? Pois fiz este teste recentemente no meu, na verdade estou no meio do caminho da regulagem como havia me ensinado, e comecei com PH a 6,90 a 7,10, comprei o Alkalin que você indicou e achei bem melhor que o da seachem, acertei o KH para 8 do aquário com o reator desligado (por conta do consumo do MG que estava alto e o do Cálcio também) e desde ontem está baixando/sendo consumido. Deixei o efluxo contínuo fixo, um filete, e baixei o ph entre 6,8 a 7,0. Mas no meu caso estou variando o PH apenas pelo tempo de deixar o CO2 ligado e não no aumento ou diminuição das pressão de saída, pois percebi que pressão acima de 7 PSI no meu caso, faz o conta bolhas ficar louco.

. Uma dúvida, você não usa pelo que vi o controle de injeção de CO2 por faixa de PH, ou seja, por solenóide, certo? a injeção é contínua? você estabiliza a injeção de Co2 pela pressão de saída do gás no regulador de baixa pressão e deixa dessa forma, correto? Pois todas as pesquisas que faço que usam o solenóide falam pra deixar entre uma faixa (X e Y). talvez isso também faça a diferença? pelo menos no meu caso?

Vi também recentemente um video da BRS Investigates , que fala da variação do fluxo versus aumento ou diminuição do KH na saída. Conclusão deles é que não varia consideravelmente, que o grande fator de aumento ou diminuição do kh no efluxo é o PH do reator. No final falam que talvez em casos de reatores menores com uma câmara, deixar um fluxo menor potencialize mais o aumento do KH na saída.

segue o vídeo:

 
4 Novembro 2014
39
32
18
São Paulo - SP
#15
Fazem umas duas decadas que não uso mais reator de cálcio, mas acho 60 bolhas por minuto muita coisa

Qual o PH do seu efluente ?

Que mídia você está usando ?

Mesmo borbulhando ele está mantendo KH e cálcio estáveis e no valor planejado ?
Marcio me desculpe, passei batido na sua mensagem.


Como disse na mensagem acima mantinha entre 6.60 e 6.70 controlado pelo apex (via probe de pH1).
Mídia ARM misturado com Reborn (já comprei o reator assim).

Quando borbulha percebo uma leve precipitação no display (água fica meio turva, bem pouco mas fica). O valores não tenho de cabeça mas está mantendo sim, apesar de ter feito uma troca parcial recentemente.

Obrigado e Abs
 
4 Novembro 2014
39
32
18
São Paulo - SP
#16
parecido com o meu primeiro regulador, apenas controlava a pressão do cilindro, e controlava a saída do Co2 pelo conta bolhas apenas. Agora estou usando um carbon doser, mas a diferença é que tem a pressão de injeção do gás (baixa) além do manômetro principal e um conta bolhas eletrônico.
Fala Diego,

a unica desvantagem do carbon doser é que precisa de tempos em tempos trocar a solenoide (tem uma vida de ciclos) e outra é difícil de encontrar quem envie para o Brasil, gostaria muito de ter um...rsrsrs.
Queria uma reguladora da TUNZE mas também é difícil achar por aqui. Achei umas chinesas bem parecidas com a TUNZE (dois manômetros e regulagem de baixa pressão).

Obrigado por participar...

Abs
 
19 April 2017
138
158
43
39
São Paulo Capital
#17
Fala Diego,

a unica desvantagem do carbon doser é que precisa de tempos em tempos trocar a solenoide (tem uma vida de ciclos) e outra é difícil de encontrar quem envie para o Brasil, gostaria muito de ter um...rsrsrs.
Queria uma reguladora da TUNZE mas também é difícil achar por aqui. Achei umas chinesas bem parecidas com a TUNZE (dois manômetros e regulagem de baixa pressão).

Obrigado por participar...

Abs
Oi Marcelo, tudo bem? não sabia que precisava trocar, não tinha lido relatos a respeito. Estou com a minha desde janeiro de 18 e até agora tudo certo. Na verdade comprei 2 nos EUA para o caso dessa quebrar ou para transformar meu FO num reef que estava na dúvida, e tenho uma parada nova comigo, quer? rsrsrsrs
 
4 Novembro 2014
39
32
18
São Paulo - SP
#18
Galera passando um feedback, aumentei o fluxo de agua (um filete bem fino) e diminui bem as bolhas, tirei todo o ar do skimmer mesmo aquele que estava na midia, bem, pelo apex esta mantendo entre 6,70 e 7,00 pH, vou esperar mais alguns dias para saber se fui feliz. Até pensei que o reator poderia estar tendo uma entrada de ar, mas pelo que entendi ele fica pressurizado.
Agora vem a parte mais legal... refazer todos os testes, mas...
Vem a parte ruim... Meus testes acabaram, sempre usei salifert... Mas vi que tem um kit da red sea que sai quase o mesmo preço dos 3 da salifert, vem a pergunta mantenho salifert ou vou pra red sea????

Abs amigos
 

Alex Costa

Moderator
Eu apoio o ReefClub!
11 May 2015
1.785
5.086
113
Itupeva - SP
www.flickr.com
Instagram
nimrod1971
#20
Alex, você usa Apex certo? você deixa o PH dentro do reator em 7, mas acionando e desacoitando o Co2 ou contínuo? Sem solenóide?
Sem solenóide.
Fica ligado 24 horas.


Quando montei o aquário fui orientado pelo lojista a deixar 1 bolha por segundo. Não tinha nem medidor de PH no reator, nem solenóide. Uso cilindro de alumínio de 3kg. Apenas testava o KH do aquário. Na época, há uns 2 anos, pesquisando na internet, vi umas regrinhas sobre fluxo versus aumento de Co2/bolhas que mais me bagunçaram a cabeça do que resolveram e desde então a dificuldade na regulagem é constate. Agora que estou conseguindo entender com a ajuda aqui do Alex.
São essas regras que fazem boa parte dos iniciantes desistirem de usar reator



Alex, será que por conta de ter 2 câmaras de mídia com uma quantidade grande de mídia, o PH mais alto faça a mídia dissolver ?
Não. A mídia dissolve mais ou menos de acordo com o PH...Uma câmara maior vai ter mais mídia, e vai gerar uma qtde maior de "produto" dissolvido, o que é bom prá um sistema com muitos corais duros.....Só isso.
A segunda câmara, dependendo da vazão e do PH, vai aproveitar o restante de ácido carboxílico formado na primeira câmara para gerar mais produto. Eu sempre usei e sempre achei vantajoso....

E no nosso caso, nesse modelo de reator, por ter menor quantidade de mídia na câmara temos que trabalhar numa faixa menor para ter mais KH na saída?
Você quer uma reserva maior na saída prá que?
Prá quer ter Reserva de 20 na saída? Prá manter o efluxo gotejando? Qual a vantagem?
Reator é sistema de reposição.....se o efluxo tiver reserva de 8,0 e mantiver a reserva do tanque constante em 7,0, qual o problema?
Se vc tem poucos corais duros, usa um reator pequeno e ele vai dar conta. Se tem muitos corais duros, vai precisar de um reator maior...simples assim...
Milagre num existe. Se comprar um reator pequeno se baseando no preço ou na "litragem recomendada" (uma grande bobagem) e usar num sistema com muitos corais duros, o reator não vai dar conta....Aí vc tenta injetar mais gás.....e o resultado você já conhece.....


Uma dúvida, você não usa pelo que vi o controle de injeção de CO2 por faixa de PH, ou seja, por solenóide, certo? a injeção é contínua? você estabiliza a injeção de Co2 pela pressão de saída do gás no regulador de baixa pressão e deixa dessa forma, correto? Pois todas as pesquisas que faço que usam o solenóide falam pra deixar entre uma faixa (X e Y). talvez isso também faça a diferença? pelo menos no meu caso?
Com solenóide você precisa fixar valores de "ON/OFF"......é o prinícipio básico do funcionamento.
A questão é:
- vai ligar o gás em 6,7 e desligar em 6,4 ou vai ligar o gás em 7,2 e desligar em 7,0?
 

Membros que estão vendo este Thread (Membros: 0, Convidados: 1)

Top Bottom