Prevenção de Dinoflagelados

CaioArantes

Active Member
Eu apoio o ReefClub!
17 August 2018
133
56
28
São José dos Campos
#1
Bom dia pessoal.

Recentemente li um tópico muito bom sobre Dinoflagelados no Reef2Reef
(https://www.reef2reef.com/threads/dinoflagellates-–-are-you-tired-of-battling-altogether.293318/)

Vi que um dos fatores que pode desencadear o aparecimento ou proliferação é um nível baixo de nutrientes, como Fosfato e Nitrato. Em meus testes recentes, noto que meus níveis desses nutrientes estão zerados.

Eu utilizo mídias para remoção desses nutrientes, como Nitryx e Phosphyx da Continuum.como meu aquário é pequeno, essas mídias estão, possivelmente, super dimensionadas.

Estou cometendo um erro muito grande nessa questão?

Meu aquário tem apenas 4 meses, é muito cedo pra pensar nisso?
 

Alex Costa

Moderator
Eu apoio o ReefClub!
11 May 2015
1.896
5.306
113
Itupeva - SP
www.flickr.com
Instagram
nimrod1971
#2
Caio,
Eu li esse tópico todo do R2R quando tive problema....Na verdade, li ambos.
Esse, o original, que cresceu e deu origem ao outro com foco em amphidinium....

Eu sinceramente não encontrei consenso nenhum sobre nada...em nenhum dos 2.
Sempre aparece alguém querendo estabelecer algum padrão ou regra.....mas é só dar uma procurada rápida que você encontra algumas exceções.
Já vi relacionarem o surgimento dos dinos ao uso de leds, de rochas mortas, de Carbono e também ao nível baixo de nutrientes.
Como eu disse, é só procurar um pouco que você acha exceções.

Aqui por exemplo, no início da montagem eu tinha menos peixe do que agora, em 2000 litros......tinha de encher de comida, aminoácidos e etc.....
O fosfato era zero, o nitrato era zero, eu tinha zero algas e os corais eram pálidos....(outro ponto: resultados desses testes são pouco confiáveis.....)
Meu substrato era branco....imaculado.....

Depois que coloquei o tang e o trigger, os nutrientes aumentaram, os corais coloriram, e os amphidinium apareceram.........ou seja.

Eu acho que o surgimento dos dinoflagelados está relacionado a algum desequilíbrio no tanque e, sendo assim, acho que quanto mais mexer, pior fica.
 

Eduardo Dias

Well-Known Member
Eu apoio o ReefClub!
14 Junho 2017
2.012
2.932
113
Santana de Parnaíba - SP
#5
Caio,
Eu li esse tópico todo do R2R quando tive problema....Na verdade, li ambos.
Esse, o original, que cresceu e deu origem ao outro com foco em amphidinium....

Eu sinceramente não encontrei consenso nenhum sobre nada...em nenhum dos 2.
Sempre aparece alguém querendo estabelecer algum padrão ou regra.....mas é só dar uma procurada rápida que você encontra algumas exceções.
Já vi relacionarem o surgimento dos dinos ao uso de leds, de rochas mortas, de Carbono e também ao nível baixo de nutrientes.
Como eu disse, é só procurar um pouco que você acha exceções.

Aqui por exemplo, no início da montagem eu tinha menos peixe do que agora, em 2000 litros......tinha de encher de comida, aminoácidos e etc.....
O fosfato era zero, o nitrato era zero, eu tinha zero algas e os corais eram pálidos....(outro ponto: resultados desses testes são pouco confiáveis.....)
Meu substrato era branco....imaculado.....

Depois que coloquei o tang e o trigger, os nutrientes aumentaram, os corais coloriram, e os amphidinium apareceram.........ou seja.

Eu acho que o surgimento dos dinoflagelados está relacionado a algum desequilíbrio no tanque e, sendo assim, acho que quanto mais mexer, pior fica.
No meu tenho nutrientes fosfato e nitrato "zero", tenho Tangs, tenho dinos e os corais estão pálidos.

Continuemos na busca das relações...
 
Likes: CaioArantes

Alex Costa

Moderator
Eu apoio o ReefClub!
11 May 2015
1.896
5.306
113
Itupeva - SP
www.flickr.com
Instagram
nimrod1971
#6
Entendi Alex.

Sobre as mídias que citei, “mal não faz” ou vc acha que devo, agora no início, retirá-las e ir utilizando conforme a demanda e os nutrientes vão subindo.?


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk

Caio....
Sinceramente......
Eu vejo o pessoal montando aquário novo e colocando reator de chaeto, ATS, cerâmicas, etc, etc e fico pensando: Vai tentar remover o que do tanque?
Num tem peixe (ou tem poucos e pequenos), num tem matéria orgânica acumulada, nu mtem grandes colônias de coral......
Você começa a pensar em remover nutrientes, se fizer tudo certinho, quando o tanque completa 1 ano.....mais ou menos.
No caso específico das cerâmicas eu não vejo tanto problema porque elas sozinhas não fazem nada......diferente das algas....alga remove nutriente e mais um monte de coisa.....e ponto
Cerâmica não vai criar bactéria....e bactéria só vai se desenvolver se houver, entre outras coisas, nutrientes,,,,
Em contrapartida, elas vão oferecer um "ambiente" prás bactérias se desenvolverem...e caso haja nutrientes, elas vão sim potencializar a reprodução e a ação das bactérias...

Numa resposta direta: tira.
Eu deixaria prá usar quando tanque estiver rodando mais maduro e você entender melhor as variáveis do sistema.
 

CaioArantes

Active Member
Eu apoio o ReefClub!
17 August 2018
133
56
28
São José dos Campos
#8
Caio....
Sinceramente......
Eu vejo o pessoal montando aquário novo e colocando reator de chaeto, ATS, cerâmicas, etc, etc e fico pensando: Vai tentar remover o que do tanque?
Num tem peixe (ou tem poucos e pequenos), num tem matéria orgânica acumulada, nu mtem grandes colônias de coral......
Você começa a pensar em remover nutrientes, se fizer tudo certinho, quando o tanque completa 1 ano.....mais ou menos.
No caso específico das cerâmicas eu não vejo tanto problema porque elas sozinhas não fazem nada......diferente das algas....alga remove nutriente e mais um monte de coisa.....e ponto
Cerâmica não vai criar bactéria....e bactéria só vai se desenvolver se houver, entre outras coisas, nutrientes,,,,
Em contrapartida, elas vão oferecer um "ambiente" prás bactérias se desenvolverem...e caso haja nutrientes, elas vão sim potencializar a reprodução e a ação das bactérias...

Numa resposta direta: tira.
Eu deixaria prá usar quando tanque estiver rodando mais maduro e você entender melhor as variáveis do sistema.
Valeu Alex, vou tirar e acompanhar os parâmetros.
 

Alex Costa

Moderator
Eu apoio o ReefClub!
11 May 2015
1.896
5.306
113
Itupeva - SP
www.flickr.com
Instagram
nimrod1971
#9
Pelo que li no Reef2reef e pela experiência que o Leo Cardoso relatou, decidi instalar um UV. Li sobre muitos benefícios e pouco falado contra.

UV tem um histórico grande de sucesso com Ostreopsis....pq estas vão prá coluna de água e o UV, se bem dimensionado, dá conta de eliminá-las na passagem.
Com amphidinium, a coisa complica.
 
Likes: Eduardo Dias

CaioArantes

Active Member
Eu apoio o ReefClub!
17 August 2018
133
56
28
São José dos Campos
#11
Caio estou com o mesmo problema.
Vc conseguiu resolver?
Juliana, eu procurei bastante conteúdo e decidi adotar a estratégia do Léo Cardoso do canal Reef Show, que é apagão +UV.

Sifonei e escovei as rochas, e depois apaguei as luzes, já faz 48 horas e aparentemente já diminuiu bastante.
Hoje instalei o UV, mas é cedo pra dizer.


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
 
Likes: Eduardo Dias

Eduardo Dias

Well-Known Member
Eu apoio o ReefClub!
14 Junho 2017
2.012
2.932
113
Santana de Parnaíba - SP
#13
A
A minha experiência com dinoflagelados é que eles aparecem se tenho nitrato a 0. O fosfato não parece influenciar muito.

Resolvo dosando nitrato de potássio.
Aquário marinho é incrível, já observei ciano com nitrato zero e também usei o nitrato de potássio. Atualmente nitrato está também em zero, nenhum sinal de ciano e uma mínima quantidade de dinoflagelados aparente.

Coloca desafio nisso
 
Likes: CaioArantes

Eduardo Dias

Well-Known Member
Eu apoio o ReefClub!
14 Junho 2017
2.012
2.932
113
Santana de Parnaíba - SP
#14
Juliana, eu procurei bastante conteúdo e decidi adotar a estratégia do Léo Cardoso do canal Reef Show, que é apagão +UV.

Sifonei e escovei as rochas, e depois apaguei as luzes, já faz 48 horas e aparentemente já diminuiu bastante.
Hoje instalei o UV, mas é cedo pra dizer.


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
Boas medidas
 
Likes: CaioArantes

Membros que estão vendo este Thread (Membros: 0, Convidados: 1)

Top Bottom