Projeto Nano 40x40x35

1 Novembro 2016
56
39
18
Belo Horizonte
#1
Pessoal, boa tarde.

Esse será meu 2º projeto de aquário marinho. O 1º durou cerca de um ano e meio e acabei desmontando após um surto de dinoflagelados (também pudera, eu não fazia profilaxia de nenhum coral).

Quase dois anos depois sem nenhum marinho, apenas com aquário de água doce, decidi montar um novo nano e gostaria da opinião de vocês pra saber se não estou fazendo nenhuma bobagem.

Especificações:

Display: 40x40x35 (algo entre 45 e 50 litros úteis descontando os vidros e o overflow)
Sump: 36x22x26 (um aquário nano plantado que desmontei), não tem nenhuma divisória. É só para colocar os equipamentos, reposição, etc.
Recalque: bomba DC 2000 L/h que também fará circulação
Filtragem: Purigen para filtragem química e um ATS modelo "waterfall"
Luminária: Spectra Aqua Knight V2 - 36W
Caixa de reposição: 6 litros por gravidade
Controle de temperatura: COEL + termostato 50W + cooler
Rochas: 6,5 Kg
Substrato: 5 Kg de aragonita fina só por estética
Fauna pretendida: um casal de palhaços e corais moles

Sempre fui fã de aquários de baixa manutenção. Já tive plantados com injeção de CO2 por alguns anos, mas nos últimos 5 anos só tive os chamados low tech. Por esse motivo pretendo manter apenas corais moles e tocar o aquário com TPAs semanais/quinzenais dependendo do nível de maturação do aquário.

Aprendi muito com os erros do último aquário. Agora gostaria de saber de vocês se meu planejamento está adequado ou se estou cometendo novos erros.
 

Eduardo Dias

Well-Known Member
Eu apoio o ReefClub!
14 Junho 2017
2.270
3.277
113
Santana de Parnaíba - SP
#2
Raimundo

Se tocar direitinho não tem por que não funcionar. Mas algumas coisas básicas se respeitar será muito melhor.

1) use um bom sal (desse tradicionais que a gente sempre comenta por aqui)

2) cuide muito bem da água de reposição - um filtro RO/DI é fundamental

3) se mantiver essa fauna vai ser tranquilidade aí, mas se resolver aumentar pensaria num skimmer, mesmo um pequeno hang-on

4) teria uma bomba de circulação, mesmo pequena para dispersar pontos mortos. Mesmo sendo seu aquário baixo, dificilmente conseguirá movimentar 100% da área só com o recalque. As rochas acabam criando barreiras e alterações de fluxo

Obs: óbvio que profilaxia de corais é fundamental, mas o fato de não ter feito em seu primeiro aquário não necessariamente foi a causa dos dinoflagelados. Esses devem existir até em Marte
 
30 December 2018
38
22
8
Belo Horizonte
#4
As vezes para circulação seria legal fazer uma derivação no recalque e assim você teria dois pontos de retorno e também se atentar ao uso de skimmer mesmo que um pequeno. Será um ótimo investimento !

Caso opte por usar um skimmer que não seja hang on, deverá colocar uma divisória no sump para manter o nível no repartimento do skimmer

Boa sorte
 

Eduardo Dias

Well-Known Member
Eu apoio o ReefClub!
14 Junho 2017
2.270
3.277
113
Santana de Parnaíba - SP
#5
Obrigado pelas dicas.
Quanto à bomba de circulação, acho difícil achar uma de boa qualidade e fraca o suficiente para colocar nesse aquário.
Tem alguma sugestão?
Se a ideia for uma bomba fixa, a Sunsun tem opções bem em conta.

Se partir para uma bomba DC controlável boas opções menores são Tunze e Aqamai, mais em conta as Jebao RW2 ou equivalentes, mas muitos mencionam a baixa durabilidade.
 

Membros que estão vendo este Thread (Membros: 0, Convidados: 1)

Top Bottom