Mantendo Hammer Wall X Branch

14 Novembro 2016
85
90
18
34
#1
Olá pessoal,

Gostaria de saber da experiência de vocês com os Hammers do tipo Wall ou "de osso".
Sabe-se que comparando os dois tipos, os Hammers do tipo branch são menos exigentes. Não que seja um coral facílimo de se manter para iniciantes, mas aquaristas experientes conseguem inclusive sua propagação.
Eu já tentei uma vez manter um Hammer Wall e perdi o coral em menos de 2 meses, mas como foi no início da montagem e eu tinha quase nenhuma experiência não serve como parâmetro.... Já os do tipo branch que tenho há um ano pelo menos vão indo bem...
Pesquisando em outros fóruns tem relatos de pessoas mantendo por 1 ano, 6 meses... Queria saber se é possível a longo prazo. Tipo 3-5 anos ou mais...

Conte sua experiência.

Abraços
 
14 Novembro 2016
85
90
18
34
#3
Show Gustavo! E se não entendi errado ele fala no fim do vídeo que este é do tipo Wall. Impressionante o tamanho:eek::eek:

Valeu por compartilhar
 


Alex Costa

Moderator
Eu apoio o ReefClub!
11 May 2015
1.701
4.946
113
Itupeva - SP
www.flickr.com
Instagram
nimrod1971
#4
Olá pessoal,

Gostaria de saber da experiência de vocês com os Hammers do tipo Wall ou "de osso".
Sabe-se que comparando os dois tipos, os Hammers do tipo branch são menos exigentes. Não que seja um coral facílimo de se manter para iniciantes, mas aquaristas experientes conseguem inclusive sua propagação.
Eu já tentei uma vez manter um Hammer Wall e perdi o coral em menos de 2 meses, mas como foi no início da montagem e eu tinha quase nenhuma experiência não serve como parâmetro.... Já os do tipo branch que tenho há um ano pelo menos vão indo bem...
Pesquisando em outros fóruns tem relatos de pessoas mantendo por 1 ano, 6 meses... Queria saber se é possível a longo prazo. Tipo 3-5 anos ou mais...

Conte sua experiência.

Abraços
Fala Luis,
Eu nunca tive nem hammers nem frogs de osso mas pelo que eu já li e vi com amigos, ele são mais "chatos" que os de tocha.
Basicamente porque costumam morrer do nada, sem motivo aparente.
 
14 Novembro 2016
85
90
18
34
#6
Fala Luis,
Eu nunca tive nem hammers nem frogs de osso mas pelo que eu já li e vi com amigos, ele são mais "chatos" que os de tocha.
Basicamente porque costumam morrer do nada, sem motivo aparente.
Fala Alex!

Complicado, um coral desses não costuma ser barato, e saber que ele pode morrer do nada mesmo quando se mantém uma água com qualidade e parâmetros estáveis é frustrante... Talvez seja melhor evitar esse tipo de Hammer

Eu nunca tive Euphylias wall justamente pela dificuldade de poda. Já vi alguns vídeos da propagação e mesmo com a serra de fita (que não tenho ou terei) achei bem complicado.
Não tinha pensado nessa questão da dificuldade de podar Gustavo. Se bem que pelo que pude entender esses Wall, quando vão pra frente tem um crescimento bem mais lento que os branch.
 

Aleksanderms

Active Member
21 September 2018
213
221
43
40
São Paulo - Santo Andre
#7
Eu tenho um hammer wall hibrido de osso a 1 ano, ele cresce de maneira mais lenta, mais ele infla bem mais que os outros.

Nem sabia desta fala de morrer do nada. O meu gosta bastante de luz forte é de alimentação direta, a noite ele mostra sua boca que é bem grande.

Ele de osso deve ter 8 cm mais ao todo já tem inflado uns 25 ~ 30 cm.
 
Likes: Luis Otávio
19 April 2017
128
151
43
39
São Paulo Capital
#8
Opa Luis, tudo bem? Segue relato da minha breve experiência abaixo.

Eu tenho Hammer wall (1 hoje em dia), tenho frogspawn de osso (1 também) além dos de tocha (algumas colônias comigo desde a montagem em 2017). Gosto muito das Euphyllias e alguns walls são muito bonitos mesmo.

Já perdi 3 walls em 2 anos, 2 deles por machucado provocado por queda encima de outro coral (no caso uma Lobo) e outro por brown Jelly. Percebi que é muito difícil a recuperação quando há algum machucado, ou queimadura por outro coral. eles começam a definhar e morrem (tentei dar banho de revive, reef dip, não adiantou).

Já tive muitas variações de parâmetros no aquário, inclusive recentemente minha salinidade chegou a 1030. KH já baixou para 5,5, CA subiu para 500, etc. não perdi nenhum dos hammers, nem os torchs, nem os frogs. Pode ter sido sorte ou maturidade do sistema, etc. Mas realmente os branchs têm a vantagem de se perder uma boca, cortar e seguir em frente recuperando a colônia. Já o wall, percebo que se acende o pavio da perda de tecido por algum motivo, dificilmente recupera.

Já ouvi lojista falando que conseguiu recuperar cortando a parte morta, mas pegando um pedaço do tecido bom tb. Mas nunca deu tempo de tentar levar para alguém cortar pra mim..... morreu antes.

abs,
 

Alex Costa

Moderator
Eu apoio o ReefClub!
11 May 2015
1.701
4.946
113
Itupeva - SP
www.flickr.com
Instagram
nimrod1971
#9
Complicado, um coral desses não costuma ser barato, e saber que ele pode morrer do nada mesmo quando se mantém uma água com qualidade e parâmetros estáveis é frustrante... Talvez seja melhor evitar esse tipo de Hammer
Luis..........é o que eu fiz até hoje......evitei....rsrsrsrrs
Custa caro.
Num dá prá tirar muda.
Morre do nada.
Não é meu tipo de coral......:p:p:p:p
 
14 Novembro 2016
85
90
18
34
#11
Opa Luis, tudo bem? Segue relato da minha breve experiência abaixo.

Eu tenho Hammer wall (1 hoje em dia), tenho frogspawn de osso (1 também) além dos de tocha (algumas colônias comigo desde a montagem em 2017). Gosto muito das Euphyllias e alguns walls são muito bonitos mesmo.

Já perdi 3 walls em 2 anos, 2 deles por machucado provocado por queda encima de outro coral (no caso uma Lobo) e outro por brown Jelly. Percebi que é muito difícil a recuperação quando há algum machucado, ou queimadura por outro coral. eles começam a definhar e morrem (tentei dar banho de revive, reef dip, não adiantou).

Já tive muitas variações de parâmetros no aquário, inclusive recentemente minha salinidade chegou a 1030. KH já baixou para 5,5, CA subiu para 500, etc. não perdi nenhum dos hammers, nem os torchs, nem os frogs. Pode ter sido sorte ou maturidade do sistema, etc. Mas realmente os branchs têm a vantagem de se perder uma boca, cortar e seguir em frente recuperando a colônia. Já o wall, percebo que se acende o pavio da perda de tecido por algum motivo, dificilmente recupera.

Já ouvi lojista falando que conseguiu recuperar cortando a parte morta, mas pegando um pedaço do tecido bom tb. Mas nunca deu tempo de tentar levar para alguém cortar pra mim..... morreu antes.

abs,
Legal seu relato Diego. Da pra perceber que são corais com pouca margem para erros. Por outro lado você teve essas variações grandes nos parâmetros e ficou tudo bem... Vai entender rsrsrs
O que acredito é que dentre esses classificados como Wall deve ter uns mais ou menos resistentes, pelo menos na aparência eles variam bastante...


Luis..........é o que eu fiz até hoje......evitei....rsrsrsrrs
Custa caro.
Num dá prá tirar muda.
Morre do nada.
Não é meu tipo de coral......:p:p:p:p
O difícil é ter a sua sensatez Alex. kkkk. Geralmente perdemos alguns trocados em alguns corais até entender que não podemos mante-los.
Mas um dia a gente aprende... ou não rsrs

É quando você compra pela internet, ele chega na sua casa é você não tem mais saída!!!!!!!


Foi o meu caso...... kkkkkk Não sei se rio ou choro.....
Agora é relaxar Aleksander! Se está dando tudo certo pra vc não tem porquê se preocupar...
 
14 Novembro 2016
85
90
18
34
#12
Encontrei este vídeo de um cara fazendo frags do Hammer Wall:



Parece ter dado uma trabalheira mas segundo ele todos os pedaços maiores que ele cortou sobreviveram e cresceram e até alguns pequenos com pólipos também foram adiante...
 

Membros que estão vendo este Thread (Membros: 0, Convidados: 1)

Top Bottom