Comportamento estranho dos corais

8 May 2019
62
54
18
31
Bom Retiro - SC
#1
Olá, mestres. Há uns 5 dias tenho notado uma retração progressiva dos corais. Tenho poucos: 2 bocas de hammer salomon, 4 bocas Duncan, 3 bocas zoanthus rasta, 2 colônias M fundidas de Caliendrum e uma mudinha P de Caliendrum e, por fim, uma pequena anêmona. Exceto zoanthus e anêmona, que estão cada vez melhor, todos se retrairam, SPS começou a branquear.
Parâmetros medidos agora após 1h e meia da TPA:
Temperatura 27.1°c
dKH 8.1
CA 420
MG (teste red sea fora da casinha como relatado em outro tópico) sem medida
Filtro RO com somente 100l feitos, tds 000.

Equipamentos:
Skimmer Aviv A200
Circulação PP4 modo pulso em 1500l/h
Recalque em 600l/h
Luminaria Spectra V2 ( fotoperíodo inicia às 10:30 e se apaga totalmente as 21:00)

Display tem 55x40x40 com total líquido somando sump lateral de 102L

Tenho somente 3 peixes pequenos, 2 ocellaris e 1 donzela. Um stenopus também.

Relatos: como eu tinha aquele DIY do ML bem fajuto, tive problema grande com silicato. Adicionei mídia removedora da mbreda pra segurar o silicato até chegar o RO. Nesse periodo tive muitas algas e, com o impacto da mídia removedora no fosfato, veio a ciano. 2 semanas nessa briga até chegar o RO. TPA sempre foi feita 10% semanal mas, nesse período precisou falhar uma semana. Com a chegada do RO, chegou o skimmer também que substituiu meu caseiro. Em 2 dias as cianos ficaram pretas e começaram a soltar das rochas. Preferi não intervir e ir só trocando o perlon. Daí pra frente a coisa desandou. 3 dias atrás adicionei carvão imaginando ser problema da morte das algas e talvez alguma contaminação da mídia removedora de fosfato/silicato base alumínio. Algumas filamentosas ficam somente num ponto específico do substrato e não se espalham, dia estão com filamentos, dias estão marrom mortas. Circulação eu subi para 3kL/H pensando ser problema de oxigenação ou algo relativo, mas retornei pros 1.5k pois não teve resultado. Temperatura padrão sempre foi 26.5, mas no dia mais quente que teve aqui, subiu para 28.1. Todos os animais que não são os corais, esta o perfeitamente bem, comendo tranquilamente e tendo seus padrões de sempre.

Vou mostrar algumas fotos de hoje, que os corais estão menos retraídos que ontem. Mas variam esse "retraido" com o passar dos minutos.


Enviado de meu SM-G955F usando o Tapatalk
 

Eduardo Dias

Well-Known Member
Eu apoio o ReefClub!
14 Junho 2017
2.264
3.271
113
Santana de Parnaíba - SP
#2
Olá, mestres. Há uns 5 dias tenho notado uma retração progressiva dos corais. Tenho poucos: 2 bocas de hammer salomon, 4 bocas Duncan, 3 bocas zoanthus rasta, 2 colônias M fundidas de Caliendrum e uma mudinha P de Caliendrum e, por fim, uma pequena anêmona. Exceto zoanthus e anêmona, que estão cada vez melhor, todos se retrairam, SPS começou a branquear.
Parâmetros medidos agora após 1h e meia da TPA:
Temperatura 27.1°c
dKH 8.1
CA 420
MG (teste red sea fora da casinha como relatado em outro tópico) sem medida
Filtro RO com somente 100l feitos, tds 000.

Equipamentos:
Skimmer Aviv A200
Circulação PP4 modo pulso em 1500l/h
Recalque em 600l/h
Luminaria Spectra V2 ( fotoperíodo inicia às 10:30 e se apaga totalmente as 21:00)

Display tem 55x40x40 com total líquido somando sump lateral de 102L

Tenho somente 3 peixes pequenos, 2 ocellaris e 1 donzela. Um stenopus também.

Relatos: como eu tinha aquele DIY do ML bem fajuto, tive problema grande com silicato. Adicionei mídia removedora da mbreda pra segurar o silicato até chegar o RO. Nesse periodo tive muitas algas e, com o impacto da mídia removedora no fosfato, veio a ciano. 2 semanas nessa briga até chegar o RO. TPA sempre foi feita 10% semanal mas, nesse período precisou falhar uma semana. Com a chegada do RO, chegou o skimmer também que substituiu meu caseiro. Em 2 dias as cianos ficaram pretas e começaram a soltar das rochas. Preferi não intervir e ir só trocando o perlon. Daí pra frente a coisa desandou. 3 dias atrás adicionei carvão imaginando ser problema da morte das algas e talvez alguma contaminação da mídia removedora de fosfato/silicato base alumínio. Algumas filamentosas ficam somente num ponto específico do substrato e não se espalham, dia estão com filamentos, dias estão marrom mortas. Circulação eu subi para 3kL/H pensando ser problema de oxigenação ou algo relativo, mas retornei pros 1.5k pois não teve resultado. Temperatura padrão sempre foi 26.5, mas no dia mais quente que teve aqui, subiu para 28.1. Todos os animais que não são os corais, esta o perfeitamente bem, comendo tranquilamente e tendo seus padrões de sempre.

Vou mostrar algumas fotos de hoje, que os corais estão menos retraídos que ontem. Mas variam esse "retraido" com o passar dos minutos.


Enviado de meu SM-G955F usando o Tapatalk
1) no seu lugar, evitaria produtos dessa marca para aquários marinhos, penso que a parte boa da empresa ainda é em aquários de água doce. Já li relato de uma rocha fabricado pela empresa colocada num Reef que provocou uma elevação brutal na concentração de cálcio do aquário.

2) a temperatura subiu a 28,1ºC no seu termômetro, qualquer erro no equipamento pode na verdade indicar esse valor, mas na prática estar a 29, 30ºC. Melhor trabalhar com uma margem mais segura mantendo um controle em torno de 25, máximo 26ºC

3) ciano é um possibilidade aí, mas também podem ser dinoflagelados que são bem mais danosos aos corais. Percebeu algum coral com algum cobertura escura, fiapos e/ou gelatinosa?

4) qual sal está utilizando nas TPAS? Não mencionou que salinidade está mantendo? Tem reposição automática de água doce ou faz manualmente? A salinidade tem oscilado muito?
 
8 May 2019
62
54
18
31
Bom Retiro - SC
#3
1) no seu lugar, evitaria produtos dessa marca para aquários marinhos, penso que a parte boa da empresa ainda é em aquários de água doce. Já li relato de uma rocha fabricado pela empresa colocada num Reef que provocou uma elevação brutal na concentração de cálcio do aquário.

2) a temperatura subiu a 28,1ºC no seu termômetro, qualquer erro no equipamento pode na verdade indicar esse valor, mas na prática estar a 29, 30ºC. Melhor trabalhar com uma margem mais segura mantendo um controle em torno de 25, máximo 26ºC

3) ciano é um possibilidade aí, mas também podem ser dinoflagelados que são bem mais danosos aos corais. Percebeu algum coral com algum cobertura escura, fiapos e/ou gelatinosa?

4) qual sal está utilizando nas TPAS? Não mencionou que salinidade está mantendo? Tem reposição automática de água doce ou faz manualmente? A salinidade tem oscilado muito?
1) Perfeito. Irá fora. Apesar de que utilizei somente nesses dias críticos.

2) Tenho aferido a temperatura com termometro infravermelho e comparado com um físico de "mercúrio".

3) somente na base do Duncan que ficava onde citei as filamentosas, mas está morta e soltando naturalmente da base.

4) AF Reef Salt e migrarei para o probiotic da AF tbm. Salinidade 1025 fixa. Havia esquecido! Reposição automática.

Como não tenho teste de fosfato e nitrato aqui, amanhã levarei amostra para um lojista e adicionarei ao tópico. Último teste estava indetectável no colorimetrico os dois.

Enviado de meu SM-G955F usando o Tapatalk
 


Eduardo Dias

Well-Known Member
Eu apoio o ReefClub!
14 Junho 2017
2.264
3.271
113
Santana de Parnaíba - SP
#5
1) Perfeito. Irá fora. Apesar de que utilizei somente nesses dias críticos.

2) Tenho aferido a temperatura com termometro infravermelho e comparado com um físico de "mercúrio".

3) somente na base do Duncan que ficava onde citei as filamentosas, mas está morta e soltando naturalmente da base.

4) AF Reef Salt e migrarei para o probiotic da AF tbm. Salinidade 1025 fixa. Havia esquecido! Reposição automática.

Como não tenho teste de fosfato e nitrato aqui, amanhã levarei amostra para um lojista e adicionarei ao tópico. Último teste estava indetectável no colorimetrico os dois.

Enviado de meu SM-G955F usando o Tapatalk
1) melhor

2) Ótimo. Tenta manter a temperatura em até 26º

3) Tente assoprar com uma pipeta

4) Ótimos sais, se quiser manter o Reef não será problema. 1.025 ok. Reposição automática excelente

Pelo que descreve, não há problemas específicos.

Está fazendo TPAs, bom sal, temperatura, salinidade, demais parâmetros principais ok.

Corais apresentam mesmo oscilações no aquário - não crescem sempre, não estão abertos sempre, não estão coloridos sempre, às vezes morrem em 1 dia.

Manter corais saudáveis é um desafio, bem mais difícil que a maioria dos peixes.

Um coral pode levar meses para crescer, colorir, propagar, mas pode minguar e morrer em pouco tempo.

A paciência, a constância e evitar produtos e técnicas duvidosos e/ou pouco conhecidos é prudente.

Dê tempo ao seu aquário, dê tempo aos seus animais.

Se um coral, seja ele uma palithoa ou acrópora se retrai um pouco, não é necessariamente motivo para imediatamente fazer algo, observe alguns dias, tente identificar em que momento isso acontece, horário, temperatura, luz, etc.

Muitas vezes esses seres se retraem uns dias e voltam a abrir normalmente dias depois e não saberá de fato o que causou.
 
8 May 2019
62
54
18
31
Bom Retiro - SC
#7
Poste uma foto geral do aquario, somente com luz branca acesa
Hoje o SPS já amanheceu bem branco. Duncan abriu uns mm a mais, junto com o hammer. Após a TPA as algas do substrato ficaram bem escuras, mas hoje tomaram força novamente. Parece que ressuscitam. Segue imagem com somente a luz branca (que é bem amarelada por sinal) acesa.

Tenho notado a donzela bicando alguns pontos do sps. Não identifiquei nenhuma vida por ali.

Utilizei uma seringa pra fazer o teste mencionado da pipeta e onde o jato pega, p local fica limpo e branco (no sps).


Enviado de meu SM-G955F usando o Tapatalk
 

Eduardo Dias

Well-Known Member
Eu apoio o ReefClub!
14 Junho 2017
2.264
3.271
113
Santana de Parnaíba - SP
#8
Ariel

Os corais realmente aparentam não estar bem. Hammer e Duncan que são corais relativamente tranquilos de manter estão mesmo bem retraídos.

O seriatopora caliendrum apesar de ser um coral de bom crescimento e poucas exigências às vezes apresenta morte súbita no aquário. Se está borrifando água e essa camada escura sai expondo o esqueleto branco é por que algo o está cobrindo e o tecido do coral ali provavelmente morreu. Talvez algas ou dinoflagelados.

Seria interessante refazer os testes na água tanto do aquário quanto da reposição, tem algo que não fecha aí. Você mora em São Paulo? Onde está fazendo os testes? Se morar na grande São Paulo poderia fazer os testes pra você.
 
Likes: Ariel Rosar
8 May 2019
62
54
18
31
Bom Retiro - SC
#9
Ariel

Os corais realmente aparentam não estar bem. Hammer e Duncan que são corais relativamente tranquilos de manter estão mesmo bem retraídos.

O seriatopora caliendrum apesar de ser um coral de bom crescimento e poucas exigências às vezes apresenta morte súbita no aquário. Se está borrifando água e essa camada escura sai expondo o esqueleto branco é por que algo o está cobrindo e o tecido do coral ali provavelmente morreu. Talvez algas ou dinoflagelados.

Seria interessante refazer os testes na água tanto do aquário quanto da reposição, tem algo que não fecha aí. Você mora em São Paulo? Onde está fazendo os testes? Se morar na grande São Paulo poderia fazer os testes pra você.
Acho que a Seriatopora já era. Pouquíssimos pontos ainda tem polipos. Hammer já está abrindo bem mais. Duncan um pouco tímido ainda.
Fiz os testes que faltavam:
Salinidade 1026 no hanna
Nitrato 3ppm
Fosfato(após alimentação, errei o timing de coleta) 0.025
Silicato do RO 0

Pra piorar, sai de viagem hoje e um amigo está de olho. Eu si pela câmera

Enviado de meu SM-G955F usando o Tapatalk
 
8 May 2019
62
54
18
31
Bom Retiro - SC
#12
Lps apresentam uma resposta lenta mas, melhor que isso, progressiva. Sps segue na mesma, branco com alguns pontos que ainda resistem em apresentar polipos verdes. Substrato que parece estar passando pelo ciclo novamente. No substrato noto o caminho que os paguros deixaram, tranquilizando quanto ser dino. Mas, me preocupa essas possíveis diatomaceas estarem presentes mesmo acusando 0 de silicato na água de tpa/reposição e os outros parâmetros todos dentro do ideal. Vidros sujaram bem rápido com alguma das formas de algas verdes.


Enviado de meu SM-G955F usando o Tapatalk
 

Eduardo Dias

Well-Known Member
Eu apoio o ReefClub!
14 Junho 2017
2.264
3.271
113
Santana de Parnaíba - SP
#13
Uma coisa é fato, aquário marinho até 18 meses passa por tudo que existe de bom e ruim, mesmo que a gente faça tudo "certo".

O que conseguimos com muito estudo e prática e minimizar algumas coisas, mas impedir totalmente não é fácil.

Quanto às diatomáceas, acabam sendo aliadas no combate aos dinoflagelados, inclusive o aumento nos níveis de silicato pode ser um dos protocolos.
 
8 May 2019
62
54
18
31
Bom Retiro - SC
#14
Uma coisa é fato, aquário marinho até 18 meses passa por tudo que existe de bom e ruim, mesmo que a gente faça tudo "certo".

O que conseguimos com muito estudo e prática e minimizar algumas coisas, mas impedir totalmente não é fácil.

Quanto às diatomáceas, acabam sendo aliadas no combate aos dinoflagelados, inclusive o aumento nos níveis de silicato pode ser um dos protocolos.
Que legal isso sobre diatomáceas. Mais uma pra lista.
Eu não tenho feito uso de Blends com bactérias. Adicionei somente na primeira semana de montado para iniciar o ciclo e após isso não mais. Acha interessante fazer manutenção das bactérias?
 

Alex Costa

Moderator
Eu apoio o ReefClub!
11 May 2015
2.166
5.830
113
Itupeva - SP
www.flickr.com
Instagram
nimrod1971
#15
Eu não tenho feito uso de Blends com bactérias. Adicionei somente na primeira semana de montado para iniciar o ciclo e após isso não mais. Acha interessante fazer manutenção das bactérias?

Eu acho interessante...e uso....
Mas atualmente, em função do aumento do uso, eu não recomendaria.....
Tenho visto tanta gente dosando um monte de coisa no tanque recem montado que eu hoje eu recomendo: NÃO DOSAR NADA.......rssrsrs

Sobre seu caso especificamente, não acho que vá ter uma resposta positiva...
Acho que no seu caso, sifonar em TPAs e aguardar um período, seja uma abordagem melhor
 
8 May 2019
62
54
18
31
Bom Retiro - SC
#16
Eu acho interessante...e uso....
Mas atualmente, em função do aumento do uso, eu não recomendaria.....
Tenho visto tanta gente dosando um monte de coisa no tanque recem montado que eu hoje eu recomendo: NÃO DOSAR NADA.......rssrsrs

Sobre seu caso especificamente, não acho que vá ter uma resposta positiva...
Acho que no seu caso, sifonar em TPAs e aguardar um período, seja uma abordagem melhor
Alex, eu havia tomado a decisão de parar um pouco de sinfonar. Cada vez que tocava no substrato, o bicho pegava! Eu não sei que tipo de alga ou vida que tem ali que, se mecher no substrato libera uns esporos filamentosos que colam no vidro, rocha, bomba, é uma desgraça. E é só em um ponto específico do Reef. Em uma das fotos postadas aparece o lado direito, no substrato, escuro de alga. É ali o lado negro da força. Essa quinta eu volto pra minha cidade especificamente para não pular TPA e vou sinfonar esse ponto junto com alguns focos de ciano que retornaram. Tenho algumas fotos de hoje e segue o retorno lento mas progressivo dos lps. Sps eu já vi que perdeu tecido mesmo.


Enviado de meu SM-G955F usando o Tapatalk
 
8 May 2019
62
54
18
31
Bom Retiro - SC
#18
Eu não vou falar prá vc : FAÇA!
Eu vou falar prá vc: eu sempre fiz...e meus tanques sempre rodaram bem.

Decida pro algo..........rsrsrsrsr
Com certeza. Não existe obrigação a nada. Eu sou adepto da sinfonagem. Acredito sim que isso ajuda em muito no controle dos nutrientes. Mas veja meu relato. É aquele fato que me fez segurar um pouco. Mas, de qualquer forma vou insistir. Faz 1 tpa que eu parei só...

Enviado de meu SM-G955F usando o Tapatalk
 

Membros que estão vendo este Thread (Membros: 0, Convidados: 1)

Top Bottom