Como descontaminar um novo coral.

Henrique Almeida

Moderator
Staff member
Eu apoio o ReefClub!
9 Janeiro 2015
3.605
4.175
113
36
Jundiaí
Fala @Hirata , tudo bem?

Pode usar o Milbemax C no lugar do Program Plus, sim. Inclusive, comecei a tratar meu aquário inteiro com ele ontem.

Acho que dá pra usar 1/4 dele mesmo. Até porque ele dissolve super mal na água.

Só não vou saber o tempo estimado pra deixar o coral na solução, talvez entre 2 e 4 horas.

No aquário percebi que os red bugs começaram a morrer depois de 3 horas. Porém, estava mais diluído.
 

Thiago Tross

Active Member
Eu apoio o ReefClub!
24 Outubro 2018
187
205
43
35
Taubaté
Pessoal, bora dar uma movimentada neste tópico grinning-face-with-one-large-and-one-small-eye grinning-face-with-smiling-eyes
Hoje foi discutido no grupo de whatsapp do ReefClub sobre este protocolo de profilaxia de corais utilizando Program Plus (23 mg) ou Milbemax C (12,5 mg) + Ascaridil + Solução de Deep, com o objetivo de eliminar o máximo de pragas possíveis que podem entrar em nossos aquários. Porém, a questão que surgiu baseado no relato de alguns colegas, é que além de eliminar as pragas, alguns corais podem não resistir a profilaxia e serem eliminados juntos grimacing-face
Deixarei aqui então meu relato e algumas questões. Nos animais em que utilizei até o momento (alguns são: anêmona BBT Rainbow, palithoas e Zoanthus, GSP, LPS como blastomussa), eu não tive problema. Nunca tive experiência utilizando está profilaxia em SPS, onde justamente surgiram alguns relatos negativos com relação a este protocolo.
Gostaria de saber a experiência de vocês (seja positiva ou negativa) utilizado esta profilaxia em corais duros ou mesmo em outros tipos de corais.
- SPS são mais sensíveis?
- Se sim, são mais sensíveis a qual das medicações (Ascaridil? Deep?...)
- Atualmente existe algum Deep que seja mais recomendado para SPS?
- Dentre os SPS, quais são os mais sensíveis? As acroporas?
Enfim, muitas questões ainda podem ser abordadas com relação a este tema.
Solicito as colaborações dos colegas @Leo Carvalho @Júnio Melo @Euler Kernighan @Eduardo Dias @Alex Costa @Henrique Almeida @Gustavo Morábito e demais hobbistas que possam colaborar com suas experiências.
 
23 April 2019
128
179
43
São Paulo
Vou acompanhar.
Precisava de um substituto para o Program plus que não encontro e vou comprar o Milbemax C.
Até agora estava fazendo profilaxia dos corais com Ascadiril e Revive, na dosagem e tempo máximos indicados aqui pelo Léo Carvalho (menos nas anêmonas).
Utilizei inclusive em SPS (montípora, seriatopora e yongei) e não tive problemas.
 
Likes: Thiago Tross

Thiago Tross

Active Member
Eu apoio o ReefClub!
24 Outubro 2018
187
205
43
35
Taubaté
Vou acompanhar.
Precisava de um substituto para o Program plus que não encontro e vou comprar o Milbemax C.
Até agora estava fazendo profilaxia dos corais com Ascadiril e Revive, na dosagem e tempo máximos indicados aqui pelo Léo Carvalho (menos nas anêmonas).
Utilizei inclusive em SPS (montípora, seriatopora e yongei) e não tive problemas.
Revive acho que não é indicado para Anêmonas, aqui eu usei o REEF DEEP da Seachem sem problemas.

Enviado de meu Moto Z2 Play usando o Tapatalk
 

Henrique Almeida

Moderator
Staff member
Eu apoio o ReefClub!
9 Janeiro 2015
3.605
4.175
113
36
Jundiaí
Fala pessoal. Usei esse protocolo em diversos SPS's e nunca tive problema. Inclusive em várias acroporas mais sensíveis.
Teve até um dia que esqueci uma montipora na solução por 1 dia inteiro e ela sobreviveu, apesar de ter perdido tecido nas pontas.

Costumo usar Milbemax C, Ascaridil e Reef Dip. Nas últimas duas aquisições usei apenas o da Aquaforest para testar. Ele tem um cheiro bem legal de desinfetante e os corais podem ficar na solução por apenas 5 minutos.
 
Likes: Thiago Tross

Eduardo Dias

Well-Known Member
Eu apoio o ReefClub!
14 Junho 2017
2.075
3.006
113
Santana de Parnaíba - SP
Fala pessoal. Usei esse protocolo em diversos SPS's e nunca tive problema. Inclusive em várias acroporas mais sensíveis.
Teve até um dia que esqueci uma montipora na solução por 1 dia inteiro e ela sobreviveu, apesar de ter perdido tecido nas pontas.

Costumo usar Milbemax C, Ascaridil e Reef Dip. Nas últimas duas aquisições usei apenas o da Aquaforest para testar. Ele tem um cheiro bem legal de desinfetante e os corais podem ficar na solução por apenas 5 minutos.
Qual a sequência e tempo de cada um? Usa separados, né?
 
Likes: Thiago Tross

Henrique Almeida

Moderator
Staff member
Eu apoio o ReefClub!
9 Janeiro 2015
3.605
4.175
113
36
Jundiaí
Qual a sequência e tempo de cada um? Usa separados, né?
Edu, eu uso o Milbemax, o Ascaridil e o Reef Dip juntos e deixo por pelo menos 1 hora. O AF Protect Dip só 5 minutos.

Alguns corais eu não troquei a base e um tempo atrás acabou surgindo red bug aqui. Cagadas!
Tratei com Milbemax C no aquário faz uns 2 meses e por enquanto não voltaram mais.

Com os últimos corais estou fazendo a profilaxia apenas com o AF. Mais para teste mesmo, vamos ver. Por enquanto tudo tranquilo.
 

Thiago Tross

Active Member
Eu apoio o ReefClub!
24 Outubro 2018
187
205
43
35
Taubaté
Aqui eu tenho feito da seguinte forma:
- Program Plus (23 mg) - 1/8 de comprimido muito bem amassado e diluído em um pouco de água DI (não tenho RO, ainda), jogo na quarentena de corais de 4 litros e deixo por 3 horas. Em seguida...
- Ascaridil Adulto - aqui na verdade eu venho utilizando outro medicamento, porém com o mesmo princípio ativo do Ascaridil. Fiz a conversão e estou usando o equivalente a 1/8 do comprimido. Não vou revelar no momento pois ainda estou testando, e ainda não tenho uma amostragem grande para divulgar como sendo seguro. Então, acrescento este medicamento diluído em água deionizada e deixo por mais 1 hora (ou seja, Program Plus fica 4 horas agindo). E por último...
- Reef Deep (Seachem) - acrescento 5 ml (em 4 litros) e deixo agindo por 15 minutos.

Depois retiro o coral da solução e coloco num pote com água limpa e deixo em banho por algum tempo (entre 30 minutos e 1 hora) com o objetivo de diluir e retirar resquícios das medicações. Depois dou uma chacoalhada no coral para desprender eventuais parasitas e coloco de volta na quarentena (já limpa e com água trocada) por cerca de 1 semana e fico observando. Se estiver tudo ok, depois coloco no aquário.

Lembrando, quando o coral chega eu realizo a aclimatação (temperatura e salinidade) e depois coloco na quarentena, deixo lá por 1 semana em observação e também para reduzir possível estresse da viagem, só depois eu faço a profilaxia medicamentosa.
Não realizei este procedimento muitas vezes pois ainda sou iniciante no hobby, mas é a maneira como venho fazendo e não tive problemas até o momento.
 

Eduardo Dias

Well-Known Member
Eu apoio o ReefClub!
14 Junho 2017
2.075
3.006
113
Santana de Parnaíba - SP
Edu, eu uso o Milbemax, o Ascaridil e o Reef Dip juntos e deixo por pelo menos 1 hora. O AF Protect Dip só 5 minutos.

Alguns corais eu não troquei a base e um tempo atrás acabou surgindo red bug aqui. Cagadas!
Tratei com Milbemax C no aquário faz uns 2 meses e por enquanto não voltaram mais.

Com os últimos corais estou fazendo a profilaxia apenas com o AF. Mais para teste mesmo, vamos ver. Por enquanto tudo tranquilo.
Que coisa, o Reef Dip não dá a orientação de mergulho por 10 minutos?
 

Leo Carvalho

Well-Known Member
Eu apoio o ReefClub!
18 Outubro 2014
5.397
7.310
113
Nova Friburgo RJ
www.sierrareef.com
Léo, me permita reviver esta parte do tópico ... pela imagem de quando você "cola" os fragmentos em novas bases, me pareceu que você não utilizou durepoxi.
Utiliza algum tipo de cola específica para esta etapa? Poderia indicar?
Ola Gustavo. atualmente tenho utilizado aquela poly glue , que é tipo usa resina que vc aquece para amolecer e depois ela endurece. mas pode usar durepox ou superbonder. se o fragmento do coral for muito , mas muito pequeno mesmo. tenha cuidado ao colar com o que quer que seja, ele pode não suportar. ai nesse caso, crie uma cratera em uma base com durepox, deixe endurecer e curar, depois ponha o fragmento lá dentro e ponha a base dentro de um copo de vidro para a circulação não arrastar ele . conforme ele for crescendo, ela vai encrustar nessa base e os riscos de perder são mínimos assim.
Essa micromuda de montipora foi a frente mesmo tendo alguns milímetros COMPRESSED_1572010609721.jpg COMPRESSED_1572010610220.jpg
 
Last edited:

Leo Carvalho

Well-Known Member
Eu apoio o ReefClub!
18 Outubro 2014
5.397
7.310
113
Nova Friburgo RJ
www.sierrareef.com
Bo
Pessoal, parece que o ascaridil está sendo descontinuado. Fui em 3 farmácias de grandes redes aqui e ninguém tem o princípio ativo. E agora jose? Existe algum substituto???
Bom dia Marcelo. Ascaridil não está sendo descontinuado. Rotineiramente a muitos anos, há essa dificuldade em encontrar esse remédio com constância em uma ou mas farmácias. Alguém mês explicou o motivo a muito tempo e eu pude comprovar. É uma medicação barata é com isso a pouco interesse das farmácias em manter os estoques sempre cheios. Além disso o tempo de validade não é dos mais longos. Por isso que achamos as vezes e outras vezes não. Farmácias populares ou de bairro,costuma ser mais fácil encontrar. Porém provavelmente encontre o levamisol em outras medicações. O ripercol por exemplo é levamisol. Mas ao invés de cloridrato, é fosfato. Provavelmente funcione, mas nunca testei.
 
23 September 2019
14
8
3
42
João Pessoa
Muito obrigado pelas respostas Eduardo Dias e Leo Carvalho!!!
Infelizmente nao consegui comprar o ascaridil em João Pessoa/PB, rodei todas as farmácias, se alguem daqui souber onde tem por favor me diga. Ultrafarma não tem por aqui e o frete ficou proibitivo... vou ficar de olho, qdo encontrar vou comprar alguns e guardar. Acabei fazendo apenas com o Milbemax e Revive.
Os corais vieram de um aquário de um amigo, são dois mush: um de 1 polegada de diâmetro e outro bem pequeno de uns 5mm. Visivelmente a rocha de suporte deles continha outros "caroneiros" dentre eles um ofiuro micro, por isso optei por retirar os corais das bases.
O Milbemax passou tranquilo, mas o revive realmente judiou... deixei so os 10 min, mas na hora q coloquei os corais no banho eles encolhem imediatamente expondo as entranhas.
Gostaria da ajuda de vcs para a fixação deles. Logo que terminei já tinha separado duas rochas secas p colar eles com cianoacrilato liquido. tentei secar o máximo a base dos corais, passei cola nas pedras e na base dos corais e colei. A alegria só durou umas horas, logo em seguida se soltaram os dois.
Eu vi que muita gente usa redinhas p prender até eles fixarem. o que vcs usam? cianoacrilato é uma boa solução? pq eles soltaram? como removi os corais das bases originais, eles ficaram soltando uma secreção espessa, acredito que a cola não conseguiu aderir no tecido. Como eles já tinham sofrido a limpeza e o processo de soltar das rochas, preferi colocar os 2 num pote com um pouco de substrato no fundo e a tampa furada e deixar dentro do aquário.
Olhei hj (2o dia) e ambos ainda estão sofridos. O maior está com a boca protuberante, em forma de cilindro p cima mas com as entranhas escondidas e apresenta coloração pálida. O menor se dobrou e está como se fosse uma tapioca (kkkkkkk). Depois de todo o processo fiquei me perguntando se não teria sido melhor deixar um pouco do substrato original.
 

Membros que estão vendo este Thread (Membros: 0, Convidados: 1)

Top Bottom