Acompanhamento de quarentenas "montadas no dia"

16 Outubro 2014
1.212
1.203
0
São Paulo
#1
Pessoal, seguinte: alguns dias atrás rolou uma discussão sobre "ciclagens de quarentenas". Eu acho q o q tinha q ser discutido já foi, mas como montei duas delas há uma semana, vou postar aqui a evolução das mesmas. Na verdade a primeira semana, já q vou começar a dosar cobre nelas, então vai virar um 'hospital' (ainda não decidi se na do mandarin green farei isso).

O post tem mais caráter informativo mas, obviamente, tb está aí para o esclarecimento de eventuais dúvidas.

Como já fiz o processo várias vezes, assim como anteriormente, está tudo dentro do esperado.

Nessa ocasião utilizei um pouco de siporax do meu aquário na quarentena (1) do mandarin green/flames hawkfish , e na do casal de banggais e malanurus (quarentena 2) foi tudo do zero. A quarentena 1 tem por volta de 25 Litros e a quarentena 2 por volta de 35 Litros.
Em ambas utilizei stability por 3 dias apenas (acho q 4 na dos banggais).


Aqui a montagem das duas, na segunda-feira passada, sendo q na quarentena 2 foi utilizado siporax totalmente clorado:







Parte do siporax clorado (quarentena 1)



Parte do siporax q peguei no meu reef (quarentena 1):




Aclimatações:






Hoje fiz o primeiro teste de amônia. Eu estava sem teste de amônia, só peguei agora, pq aa real eu nem iria fazer, mas como acabei resolvendo postar aqui, peguei o teste para registrar:


Aqui o teste da quarentena 1 (mandarin e flames), dando amônia zerado como esperado (esperava zero ou algo mais próximo a isso):




Aqui os animais nela, hoje:






Aqui o teste da quarentena 2 (banggais e malanurus), dando 0.8 (dentro do esperado tb).





Aqui os animais hoje:



A tendência é nos próximos dias a amônia da quarentena 2 baixar até zerar e não subir mais (como ocorrido em situações semelhantes anteriormente). Como já vou dosar cobre nela amanhã, a medição da amônia por teste não vai mais ser possível pois o cobre altera o resultado teste.


Eu optei por usar um pouco de siporax do reef no aquário do mandarin por conta das tentativas de alimentação, já q como não tinha muita ideia do q ele poderia comer, provavelmente sujaria bem mais a água com diversas tentativas.
Não fosse por isso, faria em ambas o procedimento de tudo 100% zerado tb (apenas com stability).
Provavelmente farei uma TPA de uns 30%-40% na quarentena 1 (se me sobrar tempo), mais por conta dos usos de bloodworms durante a semana (eles sujam bem a água). Na quarentena 2 só faria se ultrapassasse os 1.2, mas provavelmente não vai acontecer pois estou segurando um pouco a mão na alimentação, com a sorte dos banggais já estarem pegando ração.

Nenhuma alteração foi notada nos peixes durante todo o processo.

O tópico não tem intenção de falar q "essa ou aquela" é melhor. Criei mais com caráter informativo/ilustrativo e para esclarecimento de dúvidas. Obviamente críticas e sugestões são sempre bem-vindas.

Um abraço a todos,
 
Likes: 11 people

Marcio Vargas

Well-Known Member
3 Novembro 2014
1.472
1.512
113
Veranopolis - RS
#2
Leo,
Veja só:

Tenho os animais vindos ai do teu aquario + uma BBT Anã e dois Fire Fish que estão chegando do Dassi.

Poderia colocar todos na mesma quarentena, ou como são de "fornecedores" diferentes é melhor colocar em quarentenas separadas? Eles chegam +/- no mesmo dia.
 
3 Novembro 2014
216
427
0
60
São Caetano do Sul
www.starfish.com.br
#3
@Leo Carvalho,

Na mesma intenção de caráter informativo vou deixar alguma dicas que acredito ser pertinentes.

Nessa quarentena dos bangais e do melanurus eu não colocaria nenhuma gota de cobre..esses peixes praticamente não pegam parasitas são muito resistentes..eu esperaria uns 28 dias e caso não aparece nada...colocaria (EU) direto no reef após esse prazo..

Vendi mais de 100 bangais em 2014....não tive problema com nenhum..todos os clientes colocaram direto nos seus reefs... crio com muita facilidade aqui na loja (hoje devo ter uns 50 peixes desses p/ venda).

Se realmente for um casal esses bangais.....em breve vc. vai ter a felicidade de vê-los reproduzir...é simples demais !!
caso isso aconteça posso dar algumas dicas ..o @Victor Angélico tb. sabe com fazer.

Não vi nessa quarentena 2 nenhuma tela de proteção.....fica esperto.... melanurus e alguns outros wrasses saltam do aquario com facilidade a noite ..mesmo com travas francesas largas..os danados saltam. Já perdi alguns deles. !!!

E por fim eu revestiria a traseira e as duas laterais com alguma folha de papel contact azul e deixaria somente a frente com visão..na quarentena 1 me parece que vc. cobriu na totalidade... ou é somente proteção p/ transporte.??

Boa sorte com os novos hóspedes !!

abçs
 


Likes: 6 people
16 Outubro 2014
1.212
1.203
0
São Paulo
#4
@Leo Carvalho,

Na mesma intenção de caráter informativo vou deixar alguma dicas que acredito ser pertinentes.
alô Sérgio! vc citou o meu xará na resposta kkkkkk
vamos lá:


Nessa quarentena dos bangais e do melanurus eu não colocaria nenhuma gota de cobre..esses peixes praticamente não pegam parasitas são muito resistentes..eu esperaria uns 28 dias e caso não aparece nada...colocaria (EU) direto no reef após esse prazo..

Vendi mais de 100 bangais em 2014....não tive problema com nenhum..todos os clientes colocaram direto nos seus reefs... crio com muita facilidade aqui na loja (hoje devo ter uns 50 peixes desses p/ venda).

desde que tive um surto no meu reef, há um ano e meio, e o mantive por 60 dias vazio e tratei todos meus peixes, nenhum animal entra sem passar por essa profilaxia antes (em alguns casos, além do cobre, trato com antibióticos tb).
é um esquema q tem funcionado muito bem pra mim e desde que comecei não tive nenhum caso de parasitose (e olha q há situações q meus peixes passam por um bom stress como nas mudanças q faço nos meus layouts (ainda não sosseguei com isso :( :( ).

do q eu sei, o fato do peixe não apresentar a doença e ter um aspecto saudável não significa q ele esteja livre do parasita.

Se realmente for um casal esses bangais.....em breve vc. vai ter a felicidade de vê-los reproduzir...é simples demais !!
caso isso aconteça posso dar algumas dicas ..o @Victor Angélico tb. sabe com fazer.
pois é, amigo. estou torcendo demais pra realmente ser um casal. eu tenho uma frustração de minhas anêmonas nunca terem se dividido, então preciso ver algum tipo de reprodução no aquário! kkkkkkkkkkk :D :D
brincadeiras à parte, eu já estava há muito tempo amadurecendo a ideia de ter banggais e o reeftalk sobre banggais foi o empurrão q faltava. :p :D


Não vi nessa quarentena 2 nenhuma tela de proteção.....fica esperto.... melanurus e alguns outros wrasses saltam do aquario com facilidade a noite ..mesmo com travas francesas largas..os danados saltam. Já perdi alguns deles. !!!

E por fim eu revestiria a traseira e as duas laterais com alguma folha de papel contact azul e deixaria somente a frente com visão..na quarentena 1 me parece que vc. cobriu na totalidade... ou é somente proteção p/ transporte.??
as duas ficam revestidas. a quarentena 1 com o papel e a 2 fica envolvida num cobertor. somente a traseira é aberta.
no caso da 1, como fica na minha sala, não é interessante deixar a frente aberta pq tenho cachorros.
sobre a fama de wrasses saltadores, eu sei do hábito sim! a quarentena 2 tem tampa de vidro (fica aberta em volta do filtro apenas mas o espaço é mínimo.

mesmo q eu não soubesse ela teria q ser assim pq ela fica no quintal e eu não quero nenhum gato de vizinho pescando meus peixes! kkkkkkkkkkkkk :D :D


um abraço,
 
16 Outubro 2014
1.212
1.203
0
São Paulo
#5
Leo,
Veja só:

Tenho os animais vindos ai do teu aquario + uma BBT Anã e dois Fire Fish que estão chegando do Dassi.

Poderia colocar todos na mesma quarentena, ou como são de "fornecedores" diferentes é melhor colocar em quarentenas separadas? Eles chegam +/- no mesmo dia.
Márcio,


EU quarentenaria os peixes separados, até pq, como falei, uso sempre cobre. Do meu ponto de vista, não medicar é apenas 'observar'.
Creio q corais e anêmonas só vão trazer algo indesejado (falando em parasitas de peixes) em bases ou rochas. eu nunca ouvi falar de cistos de parasitas alojados corais ou anêmonas (por favor me corrijam se estiver errado). Se isso (bases e rochas) não for uma preocupação, uma profilaxia simples de corais como banho em alguma solução de iodo/equivalente, flatworm eXit/ascaridil ou program plus para o caso de euphyllias e acróporas, acredito ser o suficiente para boa parte dos sistemas.
Claro q o ideal seria ter uma quarentena de corais e deixá-los lá por 60 dias para uma garantia maior, mas aí o buraco quase sempre é 'mais embaixo' :p


um abraço,
 
16 Outubro 2014
1.212
1.203
0
São Paulo
#6
Continuando.

Neste final de semana um dos hawkfishes foi embora com seu dono (logo veremos ele num tópico por aqui :p) e como não vou por o mandarim no cobre, resolvi passar o meu hawkfish para a quarentena 2.

na quarentena em q estavam os dois hawks e o mandarim, amônia próximo a zero, como esperado:




na que estão os banggais e o melanurus ainda estava em 0.8:




como aumentei a lotação colocando o hawkfish nela (mandarim ficou sozinho na quarentena 1), resolvi fazer uma tpa de 40% aproximadamente e joguei alguns anéis de siporax do meu reef tb, já q a carga orgânica vai aumentar. Dosei tb stability (até pq só dosei nos três primeiros dias, quando normalmente doso nos primeiros sete).
acompanhamento agora só com o ammonia alert, já q já comecei a dosagem de cobre.

aqui o hawk na quarentena 2, folgado como todo hawkfish :D :D :D :





abraço a todos,
 
Likes: 2 people

Osmar Segato

Active Member
Membro Honorário
16 Outubro 2014
237
196
43
porto feliz SP
#7
ola Leo, blz?

me responde umas dúvidas,

- esses flame hawks foram comprados juntos, estavam na mesma bateria da loja?
- vc achava que era um casal?
- percebeu agressividade entre eles?

tenho muita vontade de colocar mais 1 junto com o meu aqui.

obrigado. abs.
 
16 Outubro 2014
1.212
1.203
0
São Paulo
#8
ola Leo, blz?

me responde umas dúvidas,

- esses flame hawks foram comprados juntos, estavam na mesma bateria da loja?
- vc achava que era um casal?
- percebeu agressividade entre eles?

tenho muita vontade de colocar mais 1 junto com o meu aqui.

obrigado. abs.
alô Osmar!

então, eu comprei um grande e um pequeno (o pequeno é meu e peguei pra tentar fazer um casal com o q tenho no meu reef).
eu acho (não lembro com certeza) q eles não estavam na mesma bateria, mas em nenhum momento percebi qualquer atitude agressiva de um com o outro.


um abraço,
 

Osmar Segato

Active Member
Membro Honorário
16 Outubro 2014
237
196
43
porto feliz SP
#9
Valeu pela resposta Leo,

estou na torcida para que de certo, vou acompanhar. é muito bonito 2 peixes desses juntos, eu vi em um aquário aqui perto de onde moro, eles nadavam sempre juntos.
 
Likes: 2 people
16 Outubro 2014
1.212
1.203
0
São Paulo
#10
continuando.

hoje de madrugada fiz o teste de cobre na quarentena 2 (já venho dosando desde o final de semana):



já tá entre 0.3 e 0.6 (até um pouco mais do q eu queria). ammonia alert indicando nível seguro na medida de amônia tóxica.
talvez eu faça alguma tpa até o fim de semana, pois tenho jogado planárias para o melanurus nesse aquário, entao seria algo mais pra desencargo de consciência mesmo, mas ainda não decidi.

começo a contar a partir de hoje, no mínimo 21 dias.




um abraço,
 
Likes: 2 people

fabio simoes

Well-Known Member
5 Novembro 2014
729
546
93
#11
Léo,

Como você está alimentando os bangais na quarentena?

Com pretende alimentá-los no aquário?

Adoro esse peixe mas sempre li que ele não pega ração.
 
16 Outubro 2014
1.212
1.203
0
São Paulo
#12
Léo,

Como você está alimentando os bangais na quarentena?

Com pretende alimentá-los no aquário?

Adoro esse peixe mas sempre li que ele não pega ração.
Ração mesmo, fábio.

peguei dois q já estavam comendo ração (tomara q sejam mesmo um casal :S)

de qualquer forma não me parece ser muito difícil acostumá-los a pegar ração.

de qualquer forma, caso precisasse de alguma alimentação especial, eu teria usado uma boa parte do siporax do meu reef desde o começo (assim como fiz com a quarentena 1, q está o mandarim).

um abraço,
 
16 Outubro 2014
1.212
1.203
0
São Paulo
#13
atualizando:

fiz esse vídeo quando se completaram os 15 dias de cobre (quinta-feira passada) na concentração desejada e acabei esquecendo de postar. foi a hora do 'almoço':


ainda não fiz nenhuma tpa (ia fazer na quinta, até deixei a água pronta, mas barriguei, barriguei e não fiz). tb coloquei mais 4 gotas de cupramine na sexta-feira pois achei q o cobre caiu um pouquinho (mas continuava dentro de 0.3 e 0.6).


na quarentena 1 (do mandarin) fiz uma tpa de uns 40-50% na semana passada (foi a primeira, salvo engano) e aparentemente tudo continua bem (o aquário está bem sujo, então vou precisar de um tempo essa semana para limpá-lo).


um abraço,
 
16 Outubro 2014
1.212
1.203
0
São Paulo
#14
quarta-feira passada completaram-se 21 dias no cobre com a concentração entre 0.3 e 0.6.



fiz um teste de cobre para conferir a concentração:



tudo em ordem.

provavelmente a galera vai pro display no sábado ou domingo, dependendo como estiver meu final de semana.
acabei não fazendo nenhuma tpa durante o processo. confiei no ammonia alert (e no meu siporax :p) e, visualmente, não observei nenhum problema durante todo tratamento.


a quarentena 1 (do mandarin) segue na mesma. farei provavelmente uma tpa generosa no final de semana pois vou testar um método na alimentação q vai sujar a água mais do q o habitual.

um abraço,
 
16 Outubro 2014
1.212
1.203
0
São Paulo
#15
bom, fim de tratamento/quarentena 2!

tudo correu dentro do esperado, mesmo eu tendo feito algumas coisas diferentes das últimas vezes em q fiz.
a primeira foi colocar 4 peixes na mesma quarentena em cerca de 35-40 litros. a segunda foi o fato de eu não ter feito nenhuma TPA, simplesmente pq não senti necessidade, mesmo não usando skimmer. meio radical, mas já fiz esse tratamento várias vezes e confio muito no amônia alert, então acredito poder identificar qualquer anomalia durante o processo. obviamente não recomendo, a quem não tenha um mínimo de experiência, colocar tantos peixes numa litragem dessas. a terceira coisa q fiz diferente foi utiizar o aquário sem iluminação artificial (ficou no meu quintal, numa parte q bate sol durante um período do dia.
todos passaram 25 dias em cobre com concentração entre 0.3 e 0.6 e em nenhum momento percebi qualquer estresse de qualquer um dos peixes.

abaixo fotos da 'finalização' feita ontem:


esvaziando o aquário pra descer pra sala:




começando a aclimatação:




alga pra "distrair" os tangs na hora de inserir os novos habitantes:




Melanurus (q eu achei q ia se esconder, mas está totamente ativo até agora):




Banggais:




Hawkfish (q em pouco tempo já começou a fazer 'amizade' com o maior :p :) ):






todos comeram bem hoje.

e é isso!

12 peixes tratados praticamente neste mesmo esquema antes de entrar no reef e nenhuma perda (desde q comecei essa profilaxia antes de inserir animais no reef).

o Mandarim continua na quarentena 1 (essa semana vou limpar o aquário pq ele está bem sujinho), e por enquanto não tenho intenção de colocá-lo no cobre (até pq ele não vai pro meu reef). assim q comer ração, ou passarei ele pra frente, ou trocarei meu nano por um de 80L e ficarei com ele (como viajo em breve, é melhor ele começar a comer logo kkkkkk). então, pro propósito do tópico, ele pode ser 'descartado'.

qualquer dúvida estou à disposição.

um abraço a todos,
 
Likes: 4 people

Manochio

Well-Known Member
16 Outubro 2014
602
791
93
59
Santo André
#19
Muito bacana Leo !!! Também sou um dos que acreditam na profilaxia !! Acho o método mais seguro
para tentar evitar doenças no aquário principal.

Parabéns pelo empenho e registrar tudo !!

Abraços
 
Likes: 2 people

Membros que estão vendo este Thread (Membros: 0, Convidados: 1)

Top Bottom