Aquário do Membro Reef 600L - Sem nome (ainda)

Marcos Urbano

Active Member
8 Janeiro 2019
136
127
43
Jundiaí
Opa marcos. O aspecto visual é totalmente ciano pra mim. Eu ja pensaria em um tratamento com antibiótico, pois os parâmetros parecem ok
Fala Leo! Muito obrigado, vou aguardar esta última tpa pra ver, mas também já vou estudar o protocolo da azitromicina..pq durante a semana a "alga" toma quase todo o substrato. Ahhh, e suas filhas estão bem, só preciso tirar aquela fávia de perto:
1558998618640.png

Urbano

Apostaria em ciano mesmo, mas não parece estar tão grave a ponto de encarar um antibiótico aí.
Beleza Edu, é que filmei só um pedaço, o cantinho mais crítico do aquário, mas se deixo 1 semana, está tomando tudo. Vou esperar semana que vem pra ver se estão diminuindo. Muito obrigado!
 
Likes: Eduardo Dias

Marcos Urbano

Active Member
8 Janeiro 2019
136
127
43
Jundiaí
Ciano mesmo.....as dinos nãos formam essa capa....no meu pelo menos, não formavam
Fala Alex!

Em 24h, já estão se formando denovo...benditas...vários pontos no substrato com elas. Vou tirar foto qdo chegar em casa, mas é batata, 2 ou 3 dias e já forma essa capa meio gelatinosa. Beeeem diferente das diatomáceas do início, que só sujavam o substrato.

Ponto pra azitromicina, ou aguardar? Que acha?

Abraço.
 
25 Outubro 2017
52
130
33
Distrito Federal
Vi também uma pocilopora. Se tudo der certo (ou errado, depende do ponto de vista) ela cresce, fica madura sexualmente e começa a se reproduzir.
No início é bacana.....vc fica animado de ver as mudinhas nascendo do nada no meio das rochas.
Só que essas mudas crescem, e começam a matar o que está em volta.
Já vi casos de aquários que foram desmontados por causa desse coral.
Caso solucionado então. Tenho uma purple e derrepente tem 2 nascendo perto dela. Achei maior esquisito. Com seu relato tudo faz sentido.
 
Likes: Alex Costa

Marcio Gielfi

Original | First9
Staff member
V.Presidente
First9
10 August 2014
2.406
4.239
113
São Paulo -SP
Fala Alex!

Em 24h, já estão se formando denovo...benditas...vários pontos no substrato com elas. Vou tirar foto qdo chegar em casa, mas é batata, 2 ou 3 dias e já forma essa capa meio gelatinosa. Beeeem diferente das diatomáceas do início, que só sujavam o substrato.

Ponto pra azitromicina, ou aguardar? Que acha?

Abraço.
Ainda está com a iluminação original que voce colocou no primeiro post ?
 
8 Janeiro 2019
136
127
43
Jundiaí
Ainda está com a iluminação original que voce colocou no primeiro post ?
Fala Marcio! Tudo bem aí? Está com a iluminação original, 2 Zetlight 6600 e 4 JBL T5, 2 brancas e 2 azuis.

Perdi o Exquisite Fairy Wrasse...Sumiu há alguns dias. Ele tinha começado a se recuperar do "machucado" na cabeça. Estou estranhando, pois um leather finger murchou do dia pra noite (não sei se é troca de pele, mas nunca vi ele assim), e perdi 2 torchs, 3 bocas no total. Do dia pra noite também, murcharam e sumiram. Os parâmetros continuam iguais.

Eeeeee....tcharam! Valônias! Apareceram bombando em 1 semana, quase todas as rochas tem 1 ou 2 bolinhas pelo menos...que delícia.

Abraço.
 

Eduardo Dias

Well-Known Member
14 Junho 2017
1.752
2.639
113
Santana de Parnaíba - SP
Fala Marcio! Tudo bem aí? Está com a iluminação original, 2 Zetlight 6600 e 4 JBL T5, 2 brancas e 2 azuis.

Perdi o Exquisite Fairy Wrasse...Sumiu há alguns dias. Ele tinha começado a se recuperar do "machucado" na cabeça. Estou estranhando, pois um leather finger murchou do dia pra noite (não sei se é troca de pele, mas nunca vi ele assim), e perdi 2 torchs, 3 bocas no total. Do dia pra noite também, murcharam e sumiram. Os parâmetros continuam iguais.

Eeeeee....tcharam! Valônias! Apareceram bombando em 1 semana, quase todas as rochas tem 1 ou 2 bolinhas pelo menos...que delícia.

Abraço.
Se estão no começo, uns 2 caranguejos Mithraculus podem ajudar
 
8 Janeiro 2019
136
127
43
Jundiaí
Se estão no começo, uns 2 caranguejos Mithraculus podem ajudar
Fala Edu! Comprei também um produto que vi o pessoal usando, chama Vibrant, mas depois pelo que vi, é uma fonte de carbono com blend de bactérias, falaram que funciona bem. Também vi do Mithraculus, vou procurar um lugar pra comprar uns 2 e já ajudam também. Enquanto isso, estou removendo manualmente e sifonando. Estão crescendo bem rápido. Obrigado viu!
 
Likes: Eduardo Dias

Alex Costa

Moderator
Eu apoio o ReefClub!
11 May 2015
1.591
4.777
113
Itupeva - SP
www.flickr.com
Instagram
nimrod1971
Fala Edu! Comprei também um produto que vi o pessoal usando, chama Vibrant, mas depois pelo que vi, é uma fonte de carbono com blend de bactérias, falaram que funciona bem. Também vi do Mithraculus, vou procurar um lugar pra comprar uns 2 e já ajudam também. Enquanto isso, estou removendo manualmente e sifonando. Estão crescendo bem rápido. Obrigado viu!
Eu não gosto da idéia do mithraculus....acabam as algas e ele começa a prestar atenção nos corais...
 
8 Janeiro 2019
136
127
43
Jundiaí
É, eu li mesmo que depois que acaba a saladinha, ele pode mudar a dieta pra peixes....

E @Alex Costa, vi no site da underwater creations a composição do vibrant, não diz muito, mas pelos relatos no R2R falam que funciona. Talvez qualquer outra fonte de carbono também resolvesse o problema das valônias.

95% Cultured Bacteria Blend
1% Amino Acids (Aspartic Acid)
0.5% Vinegar
3.5% RO/DI Water

https://www.uwcmn.com/vibrant-liquid-aquarium-cleaner

E estou vi outros tópicos mais antigos, com esta mesma discussão, sobre remoção manual, peróxido nas rochas, valônias entupindo encanamentos...etc...

Acho que vou tentar o fluconazol na dose de 40mg/l, que pelo que vi é o que estão usando lá fora com muito sucesso e sem perder nada. @Jose Mayo , acha que vale a pena?

Se não funcionar, vou ter que tirar as rochas mesmo, pra dar banho de peróxido, mas pra mim é o mais trabalhoso....

Obrigado!
 
Last edited:

Alex Costa

Moderator
Eu apoio o ReefClub!
11 May 2015
1.591
4.777
113
Itupeva - SP
www.flickr.com
Instagram
nimrod1971
É, eu li mesmo que depois que acaba a saladinha, ele pode mudar a dieta pra peixes....

E @Alex Costa, vi no site da underwater creations a composição do vibrant, não diz muito, mas pelos relatos no R2R falam que funciona. Talvez qualquer outra fonte de carbono também resolvesse o problema das valônias.

95% Cultured Bacteria Blend
1% Amino Acids (Aspartic Acid)
0.5% Vinegar
3.5% RO/DI Water

https://www.uwcmn.com/vibrant-liquid-aquarium-cleaner
Diz tudo.
É um blend de bactéria.....com um pouquinho de amino ácido e uma pitada de Carbono.
Não vai ter efeito direto nenhum nas algas.
Esse tipo de produto "atua" por competição. Você aumenta a população de bactérias que vai competir com as algas por alimento.
Pode ajudar, mas não espere milagres.
Em alguns sistemas (com qtde de nutrientes alta na água) vai ter o mesmo efeito que dosar um litro de água benta.

E estou vi outros tópicos mais antigos, com esta mesma discussão, sobre remoção manual, peróxido nas rochas, valônias entupindo encanamentos...etc...
Nenhum método é garantido.
Lembro que uns anos atrás o Fred Ramos teve um problema grande de algas e na época o "must" era o banho de água oxigenada.
Ele fez o banho e um tempo depois o problema voltou.
Remoção manual mantém sob controle...mas não erradica.

Acho que vou tentar o fluconazol na dose de 40mg/l, que pelo que vi é o que estão usando lá fora com muito sucesso e sem perder nada. @Jose Mayo , acha que vale a pena?
Acho esse o melhor caminho....mas vamos esperar o Mayo se pronunciar.


Normalmente esse tipo de problema se resolve aplicando "soluções" em conjunto.
 
Likes: Marcio Gielfi
8 Janeiro 2019
136
127
43
Jundiaí
É, eu li mesmo que depois que acaba a saladinha, ele pode mudar a dieta pra peixes....

E @Alex Costa, vi no site da underwater creations a composição do vibrant, não diz muito, mas pelos relatos no R2R falam que funciona. Talvez qualquer outra fonte de carbono também resolvesse o problema das valônias.

95% Cultured Bacteria Blend
1% Amino Acids (Aspartic Acid)
0.5% Vinegar
3.5% RO/DI Water

https://www.uwcmn.com/vibrant-liquid-aquarium-cleaner
Em alguns sistemas (com qtde de nutrientes alta na água) vai ter o mesmo efeito que dosar um litro de água benta.
kkkkk, um litro de água benta foi boa...pior que é, o pessoal comenta que depois teve boom de ciano, pelo desequilíbrio e rápida redução de fosfato. Meu fosfato está em 0,03, silicato comprei um teste aqui também e deu indetectável, nitrato 0,05. Então acho que não seja nenhum absurdo, mas poderia dosar qualquer fonte de carbono com os mesmos resultados. O peróxido li o @Euler Kernighan falando a respeito há uns 2 anos atrás no post, mas era mais pra erradicar das rochas nos pontos difíceis de alcançar, mas aí entre peróxido e clorar tudo e recomeçar, acho que talvez a segunda opção seja melhor. Acredito ainda que nesse caso vou esperar o Mr. Mayo também pra ver o que acha do fluconazol em altas doses. Pelo que vi em um post dele também achava viável, mas....foi há um tempo, hoje as coisas podem ter mudado.

Sabem...acho que estou me divertindo bastante com essas coisas, antes achava que o gostoso era só colocar peixe, coral e ver tudo bonito, mas faz parte do hobby, pq vc aprende muito e distrai a mente.

Teve até algo que dei muita risada em um post seu Alex, falando do mithraculus, se temos que remover as valônias com cuidado para não estourar, colocar um mithraculus e esperar que ele coma a bolinha inteira com o mesmo cuidado seria engraçado. Aí coloca o caranguejo, ele estoura tudo, aparecem mais, ele come mais e estoura mais e tem que comer mais rápido do que elas aparecem...quase um paradoxo....


Abraço
 

Alex Costa

Moderator
Eu apoio o ReefClub!
11 May 2015
1.591
4.777
113
Itupeva - SP
www.flickr.com
Instagram
nimrod1971
É o contrário.
O uso de Carbono normalmente está associado ao surgimento de cianos pois reduz mais os níveis de Nitrato do que de fosfato, produzindo um desequilíbrio.
Se resolve isso através de um removedor de fosfato (GFO).

A água oxigenada funciona.
O problema a meu ver no banho em rochas é conseguir a concentração necessária, já que o volume de água necessário é maior.

Sobre o Mitraculus, o problema é quando a infestação é grande (e antiga) e as algas atingiram sua maturidade sexual.
Nessa fase estourar elas vai liberar esporos na água e, dependendo do sistema, piorar a infestação.
 

Jose Mayo

Moderator
Staff member
10 August 2014
2.401
2.924
113
Rio de Janeiro
www.reefclub.com.br
Acho que vou tentar o fluconazol na dose de 40mg/l, que pelo que vi é o que estão usando lá fora com muito sucesso e sem perder nada. @Jose Mayo , acha que vale a pena?
Então, Marcos... eu também li e acompanhei aquele tópico lá no R2R sobre efeitos do fluconazol em algas bolha, nessa dose supressiva de quatro vezes a dosagem habitual para a Derbesia sp. Não vi o assunto evoluir e nem é possível afirmar que as algas bolha atingidas sejam Valônia sp; há muitas espécies de alga bolha e, inclusive algumas Caulerpales (que são comprovadamente sensíveis), no seu ciclo evolutivo assumem forma de alga bolha, bem parecida a certas espécies de Valônia que formam colônias, mas não à Valônia utriculares, que geralmente se apresenta como indivíduos isolados, algo distantes uns dos outros, e não apinhadas como se fosse um tapete, que é o que aparece lá.

Também fiquei boquiaberto com o vídeo time lapse, lá exposto, que mostra um efeito impressionante de supressão daquelas algas bolha (Valônia sp?), mas como no momento não estou em condição de experimentar, também não me sinto à vontade para sugerir.

O que sim, posso dizer, é que por acaso e sorte nossa o fluconazol tem se demonstrado uma droga muito amigável no ambiente do aquário de corais (exceto para as algas e fungos), com muito poucos relatos de efeitos negativos que possam ser fortemente atribuíveis a esse medicamento, mesmo quando o aquarista erra e taca no aquário doses até 10 vezes mais altas que as recomendadas para o controle das algas. Então, se você está disposto a experimentar, acho que uma dose 4 vezes mais alta que o habitual, que é a sugerida para controle da alga bolha, não estaria tão fora de terreno já conhecido a ponto de ser considerada insegura, mas é uma decisão que você mesmo terá que tomar.

Forte abraço
 
8 Janeiro 2019
136
127
43
Jundiaí
Então, Marcos... eu também li e acompanhei aquele tópico lá no R2R sobre efeitos do fluconazol em algas bolha, nessa dose supressiva de quatro vezes a dosagem habitual para a Derbesia sp. Não vi o assunto evoluir e nem é possível afirmar que as algas bolha atingidas sejam Valônia sp; há muitas espécies de alga bolha e, inclusive algumas Caulerpales (que são comprovadamente sensíveis), no seu ciclo evolutivo assumem forma de alga bolha, bem parecida a certas espécies de Valônia que formam colônias, mas não à Valônia utriculares, que geralmente se apresenta como indivíduos isolados, algo distantes uns dos outros, e não apinhadas como se fosse um tapete, que é o que aparece lá.

Também fiquei boquiaberto com o vídeo time lapse, lá exposto, que mostra um efeito impressionante de supressão daquelas algas bolha (Valônia sp?), mas como no momento não estou em condição de experimentar, também não me sinto à vontade para sugerir.

O que sim, posso dizer, é que por acaso e sorte nossa o fluconazol tem se demonstrado uma droga muito amigável no ambiente do aquário de corais (exceto para as algas e fungos), com muito poucos relatos de efeitos negativos que possam ser fortemente atribuíveis a esse medicamento, mesmo quando o aquarista erra e taca no aquário doses até 10 vezes mais altas que as recomendadas para o controle das algas. Então, se você está disposto a experimentar, acho que uma dose 4 vezes mais alta que o habitual, que é a sugerida para controle da alga bolha, não estaria tão fora de terreno já conhecido a ponto de ser considerada insegura, mas é uma decisão que você mesmo terá que tomar.

Forte abraço
Bom dia!

Acho que vale a pena tentar, como o doutor disse, a dose supressiva não seria considerada insegura, mas claro, tudo tem seu risco. Eu vi que na continuação do tópico do R2R testou e informou que eram valônias especificamente, e que deu certo também. Ele fez relatos, mas sem fotos. Mas o que me animou é que não usou somente o termo "bubble algae"...

Vou tirar fotos do antes e depois para contribuir o máximo que eu conseguir. @Euler Kernighan , @Leo Carvalho , @Alex Costa , @Eduardo Dias gostariam que eu fotografasse (além das valônias e corais) ou fizesse algo específico durante este teste?

Minha idéia é a seguinte:
-Remover tampa do skimmer, deixar ligado;
-Remover carvão ativado, purigen;
-Tirar fotos dos corais e valônias;
-Dosar cerca de 20mg/l de fluconazol;
-Rezar e ir postando as fotos novas aqui da evolução.
-Pelo que vi, demora pelo menos 4 semanas para sumir tudo, pensei em deixar pelo menos uns 45 dias, já que nem tudo que não conseguimos ver, realmente desapareceu.

Abraço a todos.
 

Membros que estão vendo este Thread (Membros: 0, Convidados: 1)

Top Bottom