Reduzindo a agressividade entre peixes

Júnio Melo

Born to dive, forced to work!
10 August 2014
5.633
7.223
113
Belo Horizonte
#1
Um dos grandes desafios para a introdução de novos peixes em nossos aquários é a "receptividade" dos antigos habitantes.
Há um tempinho saiu na coral magazine algumas dicas para se reduzir a agressividade:
Dicas e truques para reduzir a agressão:
1. Adicione as espécies de peixes menos agressivas primeiro e os mais beligerantes por último. Leia sobre o comportamento daquele novo peixe que te interessa antes de realizar a compra.
2. Não superlote o seu aquário. Tipicamente, mais espaço para os peixes é igual a menos agressão. Dito isto, em alguns casos há excessão. Adicionando vários de uma determinada espécie, como anthias e chromis, pode reduzir a chance de um indivíduo ser perseguido até a morte.
3. Ofereça diversos esconderijos funcionais. por exemplo, cavernas nas rochas, fendas e buracos para peixes pequenos poderem se esconder e fugir de agressores maiores.
4. Se você tem um tanque grande, divida o aquascaping em diversos pequenos montes de corais, ao invés de um paredão grande e contíguo. Dê aos peixes espaço para nadarem atrás, ao redor ou abaixo das rochas.
5. evite manter espécies agressivas conspecíficas (mesma espécie) ou muito próximas no mesmo tanque, especialmente em aquas pequenos. É claro que casais podem ser mantidos sem incidentes.
6. Evite manter espécies de formato ou cores similares, particularmente se um deles é conhecido como agressivo. Esta regra pode ser quebrada em aquários grandes.
7. alimente eus peixes residentes antes de adicionar um novo peixe.
8. Desligue as luzes quando adicionar um novo peixe.
9. Mude o aquascaping antes de adicionar um novo peixe, quando possível.
10. Coloque o novo peixe em um recipiente transparente, como um jarro plástico com furos, ou divida uma porção do aquário com um painel transparente ou acrílico, e deixe os residentes antigos se habituarem ao novo introduzido por vários dias ou mais antes de remover a divisória.
11. Adicione um pequeno espelho ao aquário para desviar parte da agressão dos peixes residentes.
12. Isole o peixe agressor por vários dias a algumas semanas em um aqua quarentena e então reintroduza-o quando o novo peixe estiver estabelecido.

Em meu aquário, utilizo uma placa de colméia acrílica para separar uma parte aonde é alocado o novo peixe:



o aquário fica mais ou menos assim:

 
Likes: 4 people

Germano Araújo

New Member
Membro Honorário
16 Outubro 2014
1.004
1.495
0
40
Belo Horizonte
#3
Dicas valiosas...seu caso aí só me fomenta querer ter um Powder Brown e um Blue juntos tb...(happy)

Estão se aceitando?

PS: Show de bola esse aquário! A tridacna tem o que? Gigantismo? Vai engolir o Blue....(giggle)
 


Júnio Melo

Born to dive, forced to work!
10 August 2014
5.633
7.223
113
Belo Horizonte
#4
Dicas valiosas...seu caso aí só me fomenta querer ter um Powder Brown e um Blue juntos tb...(happy)

Estão se aceitando?

PS: Show de bola esse aquário! A tridacna tem o que? Gigantismo? Vai engolir o Blue....(giggle)
A agressividade entre eles já reduziu bastante. Ainda se estranham um pouco. Vou esperar um pouco mais para retirar a divisória.
A introdução mais difícil foi a do clown tang. O Sohal custou 3 meses a aceitá-lo!
 
3 Novembro 2014
173
72
0
Petrópolis -RJ
#6
E aquela pratica dos aquaristas jumbos de água doce? Colocar bastante peixes com pouquíssimas rochas, para que não se estabeleça território ? É possível no marinho?

Já tive aquario de ciclideos, que consegui amenizar os problemas, tirando as rochas e colocando mais peixes. Por exemplo, tive um de 80 litros com 9 peixes, sendo 5 ciclideos e uma Rocha apenas no centro. Sem nenhum problema, sério.
 

Júnio Melo

Born to dive, forced to work!
10 August 2014
5.633
7.223
113
Belo Horizonte
#7
E aquela pratica dos aquaristas jumbos de água doce? Colocar bastante peixes com pouquíssimas rochas, para que não se estabeleça território ? É possível no marinho?

Já tive aquario de ciclideos, que consegui amenizar os problemas, tirando as rochas e colocando mais peixes. Por exemplo, tive um de 80 litros com 9 peixes, sendo 5 ciclideos e uma Rocha apenas no centro. Sem nenhum problema, sério.
Em marinhos, o recomendado é ter muitas tocas para os novatos se esconderem. A agressão ocorre na coluna dágua.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk
 

Júnio Melo

Born to dive, forced to work!
10 August 2014
5.633
7.223
113
Belo Horizonte
#8


Oi, amigos!
Um retorno sobre o powder blue. Tirei a divisória esta semana. O peixe recebeu as boas vindas do convict tang (sem vergonha! Nem ligava enquanto o pb estava na divisória!) e do powder brown. Mas nada importante.
No segundo dia, tudo tranquilo! O blue fica mais no canto aonde foi climatizado e fez sua toca! Come bem, está gordo e sem brigas!

Aqui alguns dos outros:



Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk
 
Likes: 2 people

Jose Mayo

Moderator
Staff member
10 August 2014
2.401
2.923
113
Rio de Janeiro
www.reefclub.com.br
#9
Esse tal de "Sohal" ainda vai conseguir me deixar duro... Fiquei impressionado com a beleza desse peixe numa foto, e depois num filme, que o Walmyr postou lá no IPAq; Na minha opinião é um dos tangs mais bonitos, tanto em cores quanto em forma. Pena que precisa muito espaço e tem fama de agressivo, mas "tá no meu radar" esse bicho.

Um dia eu chego lá!
 
10 August 2014
3.884
3.544
113
Caxias do Sul - RS
#10
Esse tal de "Sohal" ainda vai conseguir me deixar duro... Fiquei impressionado com a beleza desse peixe numa foto, e depois num filme, que o Walmyr postou lá no IPAq; Na minha opinião é um dos tangs mais bonitos, tanto em cores quanto em forma. Pena que precisa muito espaço e tem fama de agressivo, mas "tá no meu radar" esse bicho.

Um dia eu chego lá!
Esse bicho o que tem de lindo tem de temperamento difícil.

Isso me lembra um paralelo com outra coisa na vida, mas eu não estou lembrando agora.
 
Likes: 2 people
28 Novembro 2014
67
17
0
osasco
#11
Sohal : alguns mudam de comportamento com passar do tempo , o meu sempre conviveu com meu Purple Tang , disputavam folhas de nori comiam e nadavam juntos ,
de repente o Sohal passou a não suportar mais o peixe , na troca de aquario a coisa amenizou , mas começou de novo, com os outros tangs ele nem mexe, mas o Purple
quando ponho comida eles começam a comer juntos , mas é só o Sohal ver que o Purple ta comendo também que já poe ele pra dentro da toca . vou deixar ele de castigo na minha quarentena
uns dias.
 

Bruno Verpa

New Member
Membro Honorário
16 Outubro 2014
2.131
1.302
0
32
Santo Andre
#12
Também acho o Sohal um dos mais belos, como seria o mais indicado para sua introdução, todos o tangs juntos? o sohal depois de todos, além de ter um porte menor, como seria menos traumático?
 

Júnio Melo

Born to dive, forced to work!
10 August 2014
5.633
7.223
113
Belo Horizonte
#13
Também acho o Sohal um dos mais belos, como seria o mais indicado para sua introdução, todos o tangs juntos? o sohal depois de todos, além de ter um porte menor, como seria menos traumático?
Sohal é o mais bravo dentre meus tangs. Mas ele implica mais com o clown.
Introduzir muitos tangs de uma só vez é complicado. Primeiro por ser uma carga orgânica enorme pro sistema. Segundo, porquê dificilmente a pessoa vai parar de introduzir peixes.
O ideal é utilizar uma caixa de aclimatação ou uma divisória, como descrevi aqui.
Meu sohal foi o 3 tang a ser introduzido. Tem 3 anos comigo. Tirando o yellow e sailfin, todos os outros entraram depois e foram aclimatados com a divisória.
 
Likes: 2 people

Daniel Pires

Well-Known Member
17 Novembro 2014
335
401
63
São Paulo
#14
Eu também tenho uma caixa de acrílico como a do Germano e, no meu caso, ela funciona muito bem.

Estou pensando em adquirir um Cooperband mas, por se tratar de um peixe bem delicado, tenho um pouco de receio. Por dois motivos:
- apesar da caixa de acrílico, tenho medo dele ser perseguido pelo meu Yellow Eye, que é terrível.
- tenho medo de não saber cuidar direito do bichinho e ele sofrer por conta disso.

Júnio,
Aproveitando o tópico, poderia me dizer qual o nome daquele peixe vermelhinho que você tem no seu aqua?
Acho ele muito bonito!

Obrigado desde já.
Abs
 

Júnio Melo

Born to dive, forced to work!
10 August 2014
5.633
7.223
113
Belo Horizonte
#15
Eu também tenho uma caixa de acrílico como a do Germano e, no meu caso, ela funciona muito bem.

Estou pensando em adquirir um Cooperband mas, por se tratar de um peixe bem delicado, tenho um pouco de receio. Por dois motivos:
- apesar da caixa de acrílico, tenho medo dele ser perseguido pelo meu Yellow Eye, que é terrível.
- tenho medo de não saber cuidar direito do bichinho e ele sofrer por conta disso.

Júnio,
Aproveitando o tópico, poderia me dizer qual o nome daquele peixe vermelhinho que você tem no seu aqua?
Acho ele muito bonito!

Obrigado desde já.
Abs
Copperband é realmente um peixe delicado. Dificilmente aceita ração, tem que alimenta-lo com vongole.
E não é reef safe. Pode beliscar tridacnas e corais carnudos.

O peixe vermelho é um flame hawkfish. Lindo! Mas costuma comer camarões bailarinos.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk
 
21 Janeiro 2015
210
153
0
São Paulo/SP
#16
Amigos, este é meu primeiro post aqui, e gostaria de recorrer à experiência de vocês.

Tenho atualmente um tanque de 600 litros, onde vivem em paz um yt, um hepatus, um clown, um powder brown e um naso lituratus.

Estou migrando para um aquário de quase mil litros, e tenho em minha querentena/mudário um powder blue.

Meu aquário maior está ciclando (postarei fotos da montagem aqui no fórum) e aí que vem o dilema.

Comprei um powder blue porque achei ele lindo, (a espécie é bonita, mas o peixe é diferenciado pelas cores e saúde). E tenho a opção de deixar no mudário que é bem grande ou tentar colocar ele no aquário principal quando for mudar do tanque menor para o maior.

Farei um layout totalmente diferente do atual, portanto os peixes perderão a noção de território.

Tenho três opções:

Deixar o powder blue no mudário (a que eu menos queria, pois o mudário é escondido)
Colocar todos os peixes juntos no display novo após a correta ciclagem e monitorar para que não haja estranhamentos.
Colocar uma divisória de acrílico no meio do aquário para que cada powder estabeleça um território de forma a minimizar brigas.

Qual é a opinião de vocês?

Obrigado!
 
29 December 2014
67
38
0
29
Jandira- SP - Brasil
#18
E aquela pratica dos aquaristas jumbos de água doce? Colocar bastante peixes com pouquíssimas rochas, para que não se estabeleça território ? É possível no marinho?

Já tive aquario de ciclideos, que consegui amenizar os problemas, tirando as rochas e colocando mais peixes. Por exemplo, tive um de 80 litros com 9 peixes, sendo 5 ciclideos e uma Rocha apenas no centro. Sem nenhum problema, sério.
O grande problema dessa prática é que, ao invés de observar o comportamento mais próximo do natural, se observa um comportamento totalmente diferente.

Abraço
 

Membros que estão vendo este Thread (Membros: 0, Convidados: 1)

Top Bottom