Filtros de Osmose Reversa / Deionizador - Tópico Oficial

20 Novembro 2015
112
178
43
Pessoal, vocês costumam trocar o polipropileno do primeiro estágio quando o mesmo começa a escurecer? Aqui, além das algas verdes que apareceram em alguns pontos onde pegou sol, o filtro está bem sujo. Estou preocupado disso afetar a membrana em algum momento.
 

Alex Costa

Moderator
Eu apoio o ReefClub!
11 May 2015
1.591
4.777
113
Itupeva - SP
www.flickr.com
Instagram
nimrod1971
Hí rapaz, não vou conseguir acompanhar o video com meu ingles nao. Algumas coisas irão passar...
Nesse caso vc quer dizer acima da pressão de trabalho da membrana né? Porque no meu caso o TDS é alto e se aumentar a pressão em qualquer nível piorar, colocar a bomba só complica a situação e assim seria melhor usar direto na rede mesmo.
No final tem imagens com valores.......não é preciso saber inglês prá entender.
Ele dá resultados em que o TDS cai a medida que a pressão aumenta.
O que é exatamente o oposto do que eu imaginei que aconteceria, em função de como eu imaginava a membrana funcionando.

Pessoal, vocês costumam trocar o polipropileno do primeiro estágio quando o mesmo começa a escurecer? Aqui, além das algas verdes que apareceram em alguns pontos onde pegou sol, o filtro está bem sujo. Estou preocupado disso afetar a membrana em algum momento.
Eu troco assim que começa a escurecer sim.
É super barato quando comparado ao valor da membrana.
 
Likes: 6 people

Euler Kernighan

Original
Staff member
First9
10 August 2014
7.005
8.771
113
Pessoal, vocês costumam trocar o polipropileno do primeiro estágio quando o mesmo começa a escurecer? Aqui, além das algas verdes que apareceram em alguns pontos onde pegou sol, o filtro está bem sujo. Estou preocupado disso afetar a membrana em algum momento.
Sem dúvida nenhum, começou a ficar aquele marrom vc já deve trocar, mesmo pq este pré-filtro é pra isto mesmo, queimar ele o quanto antes, para que ele não deixe outras coisas "queimarem".

Se fosse você protegeria todo seu sistema de RO/DI de qualquer fonte de luz. ;)
 
Likes: 2 people

Euler Kernighan

Original
Staff member
First9
10 August 2014
7.005
8.771
113
Não Gus, o carvão, dependendo da demanda, vc pode trocar a cada 6 ou 8 meses. No seu caso, se vc produzir só pro seu aqua, acredito que vc possa trocar tranquilamente a cada 18 meses. Salvo se o TDS de entrada for muito alto ou no caso de água barrenta e tal.
 
Likes: 5 people

Euler Kernighan

Original
Staff member
First9
10 August 2014
7.005
8.771
113
Rapaziada, apenas para atualizar este tópico com algumas alternativas, fiz a reposição das mídias do meu sistema de RO/DI, usando o seguinte:
to d


01 - filtro de sedimento de 5 micron da PENTEK

02 - filtro de sedimento de 1 micron da NEO-PURE

03 - bloco de carvão ativado modelo CTO1-2510 da NEO-PURE 5 micron

04 - bloco de carvão ativado modelo CTOV-2510 da NEO-PURE 0.5 micron

05 - filtro de sedimento de 0.02 da SpectraPure Modelo ZetaZorb Super Micron Filter - SF-ZZ-0.2ABS-20
[A bomba de pressão é instalada entre estes dois componentes]
[antes da água entrar na membrana, tem instalado um manômetro para conferir a pressão de entrada na membrana]

06 - Membrana de osmose reversa da SpectraPure modelo 90GPD - MEM-SP-0090
[a saída de rejeito desta membrana, é encaixada na entrada d'água da próxima membrana]
[a saída de água boa, é encaminhado para uma conexão do tipo "Y", que será posteriormente a entrada no primeiro estágio do DI]

07 - Membrana de osmose reversa da SpectraPure modelo 90GPD- MEM-SP-0090
[a saída de rejeito desta membrana é encaminhado para um válvula auto-flush, que depois vai para minha caixa d'água]
[a saída de água boa, é encaminhado para uma conexão do tipo "Y", que se junta a saída de água boa da primeira resina e é encaminhada para um T]
[Uma saída do T encaminha a água para uso na cozinha, para beber, etc.]
[A outra saída do T é encaminhada para a entrado do filtro DI

08 - resina catiônica da Purolite modelo C-100

09 - resina mista (que eu acredito ser predominantemente aniônica) da SpectraPure modelo DI-MC-10HC (obrigatoriamente a ser instalada ANTES da próxima)

10 - resina mista (que eu também acredito ser predominantemente aniônica) da SpectraPure modelo DI-SB-CI-10HC - para remoção de sílica.
[Aqui está instalado um dispositivo que "entende" quando meus reservatórios estão cheios e que não é necessário mais produzir água de RO/DI.]
[Este dispositivo DESLIGA a bomba]


É isso aí (y)
 

Euler Kernighan

Original
Staff member
First9
10 August 2014
7.005
8.771
113
Procedimento para troca TOTAL das mídias e higienização das carcaças e tubulações - EXTREMAMENTE importante.

1 - esvaziar todas as carcaças (RO e DI) e remover todos os cartuchos.

2 - lavar o interior das carcaças com detergente neutro e exaguar muito bem.

3 - acoplar todas as carcaças VAZIAS (sem cartuchos) em seus cabeçotes.

4 - circular um pouco de água da rua em todo o sistema. Para isto, após encher todo o sistema, ligue a saída do último estágio na entrada do primeiro. Aproveite para ver se existe algum vazamento.

5 - adicione 50~100ml de água sanitária e deixe circulando por alguns minutos

6 - esvazie completamente todo o sistema.

7 - encha novamente o sistema (sem cartuchos) e deixe a água da rua correr por alguns minutos.

8 - esvazie novamente todo o sistema e desacople todas as carcaças.

9 - coloque os novos cartuchos em suas devidas carcaças e acomple tudo novamente.

Agora vem a parte criteriosa:

10 - DESCONECTE a mangueira que liga o último estágio de carvão ativado com o primeiro estágio da membrana de osmose reversa.

11 - Ligue a água e deixe-a fluir por todos os estágios (+/- 5min) até VAZAR na saída do último estágio do carvão ativado.
Isto é importante porque:
a) remove o ar dos estágios
b) "lava" as mídias recém adicionadas e previne que algo (carvã ativado) solte algum pó e entupa o membrana de osmose reversa
c) preserva a vida últil da membrana

12 - OPCIONAL: meça o TDS de saída do estágio de carvão

13 - Conecte o último estágio do carvão ativado à membrana de osmose reversa e ligue a água.

14 - Verifique a pressão de entrada na membrana, algo menor do que 80 PSI significa um pior aproveitamento da mesma, já que ela tem seu melhor aproveitamento trabalhando a 80PSI. Sem contar que a 80 PSI o descarte de água é bem inferior, ou seja, se produz mais água boa, utilizando menos água.

15 - Desconecte a saída da membrana de osmose reversa da entrada do primeiro estágio DI, e deixe a água fluir por alguns (5) minutos. Confira o TDS de saída da membrana (isto é importante), que deve ser algo entre 000 e 005. (PS: eu já deixei passar até 010, porém, o DI foi embora mais rápido).

16 - Conecte a saída da membrana na entrada do primeiro estágio DI e deixe a água fluir até que o TDS de saída seja 0. Isto pode levar bem mais do que 5 minutos. (PS: considerando que vc está usando uma resina MISTA, caso contrário, possivelmente o TDS será maior do que 0).

17 - Conecte a saída do primeiro estágio DI na entrada do segundo estágio DI e deixe a água fluir até que o TDS de saída seja 0. Isto pode levar bem mais do que 5 minutos.
Caso você tenha outro estágio DI, repira este passo.

18 - Confira o TDS do último estágio DI até que o mesmo apresente 000.

Divirta-se, sua água está imaculada :p
 
Last edited by a moderator:
Pessoal, voltando ao assunto do TDS alto no fim da processo de RO. Ficamos naquela de baixa pressão na membrana. Pois bem, comprei o manometro de glicerina e a bomba pressurizadora com pressão de trabalho de 80psi.
Montei tudo, liguei e a agua da rua entra a 180 no TDS e 20psi, saindo em torno de 80psi após a bomba. Joia, mas aí vem o problema. Acredito que realmente seja a membrana, pois a alguns dias estava marcando na casa de 30~35 na saída dela e com a bomba ficou na mesma, mas com fluxo bem melhor.
Uma pena, pois terei que comprar outra membrana e essa nao tem 6 meses e pouco uso...
 

Eduardo Dias

Well-Known Member
14 Junho 2017
1.752
2.639
113
Santana de Parnaíba - SP
Pessoal, voltando ao assunto do TDS alto no fim da processo de RO. Ficamos naquela de baixa pressão na membrana. Pois bem, comprei o manometro de glicerina e a bomba pressurizadora com pressão de trabalho de 80psi.
Montei tudo, liguei e a agua da rua entra a 180 no TDS e 20psi, saindo em torno de 80psi após a bomba. Joia, mas aí vem o problema. Acredito que realmente seja a membrana, pois a alguns dias estava marcando na casa de 30~35 na saída dela e com a bomba ficou na mesma, mas com fluxo bem melhor.
Uma pena, pois terei que comprar outra membrana e essa nao tem 6 meses e pouco uso...
Arthur, realmente está uma saída bem alta do RO, em casa a membrana com pressão de 70psi retém mais de 95% do total de sólidos dissolvidos. Água entra com 038 TDS e sai entre 002/003

Enviado de meu XT1635-02 usando o Tapatalk
 
Likes: 2 people

Euler Kernighan

Original
Staff member
First9
10 August 2014
7.005
8.771
113
@Arthur Almeida , seguem meus números

- TDS da água da rua (antes de entrar no sistema): entre 260 e 280
- TDS logo após o último bloco de carvão (antes de entrar na membrana de osmose reversa): entre 35 e 45
- TDS logo após a saída da membrana de RO: 0 ou 1
- TDS logo após o segundo estágio do DI: 0
- TDS logo após o terceiro estágio do DI: 0

- Pressão da água ANTES de entrar na primeira membrana: 40 PSI SEM a bomba de pressão
- Pressão da água ANTES de entrar na primeira membrana: 90PSI COM a bomba de pressão ligada.

- As duas membranas estão ligadas em série, ou seja, a água de rejeito da primeira membrana é direcionada para a entrada d'água da segunda membrana.

- A cada 1 litro de água boa produzida, está sendo descartado 1,2 litro d'água.

Equipamentos que uso:
- 02 medidores de TDS em linha, cada um com 02 sondas, da marca HM Digital
- 01 medidor de TDS do tipo caneta, também da HM Digital, modelo COM-100. Este mede condutividade (EC) e TDS.

Todos calibrados com solução específica da HM.


Acredito que realmente seja a membrana, pois a alguns dias estava marcando na casa de 30~35 na saída dela e com a bomba ficou na mesma, mas com fluxo bem melhor.
SE, sem a bomba já estava marcando 30~35 na saída da membrana, definitivamente tem algo errado.

Alguns passos que você pode levar em consideração:
1 - avaliar se de fato todos os tubos estão conectados nas entradas e saídas corretas
2 - avaliar se vc está lendo o TDS da saída de água boa do vaso onde fica a membrana, ou se está lendo da saída de descarte
3 - checar se foi instalado o restritor de fluxo correto para sua membrana
4 - checar se o restritor de fluxo está instalado na posição correta
5 - se certificar que o registro que vai no descarte da membrana está na posição fechado.

Perguntas:
1 - Há quanto tempo você usa esta membrana?
2 - A água é de poço?
3 - Por quanto tempo o sistema como um todo fica desligado?
4 - Quando o sistema como um todo está desligado, vc percebe se toda a água dele é drenada e ele fica vazio, ou se pelo menos o vaso da membrana fica vazio?
5 - Quantos e quais o filtros que estão instalados ANTES da membrana?

Abs!
 
Last edited by a moderator:
Likes: 4 people

Membros que estão vendo este Thread (Membros: 0, Convidados: 1)

Top Bottom