Ajuda com suposta hexamita. Metronidazol? Tratar no aquário?

25 Janeiro 2017
96
34
0
#21
Ok pessoal, acabei de dar a "janta" kkkkk
Infelizmente nenhum deles pegou a comida, o saudável eu acredito não ter pego pelo estress da movimentação na hora de alimentar.
A fêmea também não pegou e agora as fezes estão saindo meio esverdeadas.
Ambos estão bem calmos depois de colocar o cano, e ficam agitados apenas na hora que abro a tampa para alimentação.

Como havia prometido, consegui adaptar o meio de produção para uma maneira mais caseira.

1. Triture o comprimido deixando-o em um pó mais fino possível, isso é muito importante senão haverá a formação de grumulos nas proximas etapas.
Para triturar o comprimido, pegue 2 colheres de sopa bem secas e coloque o comprimido entre elas, aperte com bastante força e o comprimido se partirá dai é só repetir varias vezes até deixar o pó mais fino possível
Dica: faça isso dentro de um pote para que não haja perda do medicamento caso caia um grãozinho ou outro da colher.

2. Dilua o pó em 10ml de água R.O ou D.I pois ambas possuem caráter ácido e o metronidazol se dissolve melhor nessas ocasiões, mesmo assim a dissolução não será completa e haverá precipitação ou formação de grumulos.

3. Adicione 90ml de água do aquário e misture tudo muito bem, ate que fique o maos homogêneo possível, embora haja uma certa precipitação e/ou grumulos.

Assim teremos uma solução á 2.5mg/ml CASO O COMPRIMIDO UTILIZADO SEJA DE 250MG
Se for 400mg, a solução será de 4mg/ml

Como a solução não ficará 100% homogênea, basta agitar muito antes de usar.

Para dosar no tanque, usei a seguinte metodologia:
Supondo um tanque de 1L, onde são necessários 40mg do metronidazol, ou 16ml da solução 2.5mg/ml, doso 984ml de agua do aquário e 16ml da solução medicamentosa.
Assim, 16x2.5 = 40. Assim obtemos os devidos 40mg.

Enviado de meu SM-G903M usando Tapatalk
 
Likes: 2 people
25 Janeiro 2017
498
1.132
0
41
Indaiatuba, SP
#22
Marcus, uma ideia para limpar os restos de comida: em vez de pegar com pinça, podes sifonar o fundo do hospital com um daqueles caninhos de ar. Ele puxa pouca água e permite que tu faça a limpeza bem localizada onde tiver detrito. Depois completa com água + remédio, já fazendo TPA ao mesmo tempo que limpa.
 
Likes: 3 people
25 Janeiro 2017
96
34
0
#23
Novidades..... hoje ao acender as luzes, notei que as fezes dela estavam saindo com um pouco mais de cor, meio esverdeadas e na hora do almoço, para minha surpresa, ela comeu um pouco, 2 floquinhos de comida, um bom avanço pra quem estava a quase 3 dias sem comer.
Agora no jantar, ela também comeu um pouquinho, cerca de 2 flocos também.
Logo logo farei uma boa TPA.

Enviado de meu SM-G903M usando Tapatalk
 
Likes: 2 people
25 Janeiro 2017
96
34
0
#25
Só pra não passar em branco......
Hoje a peixa já está se alimentando muito bem e já vem demonstrando-se muito mais ativa e impondo sua dominância perante ao parceiro.
Sobre a alimentação, ela está muito voraz mesmo.
Percebi também que ela está com intestino mais preso e não fica mais defecando a todo momento, em virtude disso não sei como estão as fezes dela.

Um detalhe importante que venho notado nesses dias é que tanto um como outro demonstram certa ofegância, isso desde o início do tratamento.
De início eu pensava ser amônia alta, inclusive estava realizando TPAs de 500ml todos os dias e o quadro não se alterava.
Pensei então que poderia ser falta de oxigenaçãoe adicionei uma pedra porosa com bomba de ar além da bombinha de circulação e tudo continuou igual.
Então cheguei a conclusão que essa ofegancia deve ser algum efeito colateral do metronidazol, mas nada tão preocupante, até mesmo pq o comportamento de ambos está normal e o apetite também.


Enviado de meu SM-G903M usando Tapatalk
 
Likes: 2 people
25 Janeiro 2017
96
34
0
#27
Boa atarde a todos que acompanharam o tópico e, como disse o amigo William Pietro, a saga Dr. House Fish Edition kkkkk.
Quarta feira dessa semana finalizei o tratamento e dei "alta" a peixinha.
Agora, ja no tanque principal e re-adaptada ela demonstra um comportamento muitíssimo diferente do que ela havia manifestando nos dias que antecederam sua entrada no tanque hospital, atualmente ela está bastante ativa, explorando todo aquário e comendo muito bem.
Sobre suas fezes, eu ainda não tive a oportunidade de as observar(e não foi por falta de tempo, parece até que ela não faz cocô de propósito quando eu to olhando kkkkk), pelo menos ela não está mais com aquelas fezes intermitentes que fazia defecar a todo instante.
De maneira geral, pude observar que ela já voltou ao seus hábitos normais e se encontra muito bem.

Gostaria de agradecer todos vocês que me auxiliaram nesta jornada para salvar a peixinha e espero que este tópico possa auxiliar futuros problemas que outras pessoas venham a ter com seus animais.
Um detalhe que eu observei enquanto pesquisava sobre a doença dela é que na maioria, senão todos casos que eu li, infelizmente o peixe veio a óbito e felizmente comigo foi diferente, pude supor então, que o sucesso do tratamento se deva ao diagnostico preciso e precoce da enfermidade, aumentando assim suas chances de cura, posso estar enganado, mas foi o que observei nos diversos relatos que acompanhei.

Boa tarde a todos e muito obrigado.
 
Likes: 4 people
25 Janeiro 2017
498
1.132
0
41
Indaiatuba, SP
#28
Marcus, parabéns pelo tratamento com sucesso.

Sobre ver o palhacinho defecando: o fato de tu não ver é justamente o correto. Eu já vi algumas vezes os meus defecando, mas é algo parecido com "uma diarréia explosiva de pequenos grãos de coco" e que dilui rapidamente na corrente de água.

Quando vemos aquele filete branco de cocô pendurado, é aí que sabemos que há problemas.

Fiquei muito feliz com a notícia do sucesso no tratamento!
 
Likes: 2 people
18 Junho 2019
3
0
1
27
#29
ressucitando o topico, estou com o mesmo problema, fiz exatamente como o marcus, beteira dentro do aquario de 1L, pedra porosa, solução homogenea, minha duvida é, apos colocar o peixe na quarentena com o metronidazol, de quanto em quanto tempo fazer a TPA e por quanto tempo?
 

Eduardo Dias

Well-Known Member
14 Junho 2017
1.750
2.634
113
Santana de Parnaíba - SP
#30
ressucitando o topico, estou com o mesmo problema, fiz exatamente como o marcus, beteira dentro do aquario de 1L, pedra porosa, solução homogenea, minha duvida é, apos colocar o peixe na quarentena com o metronidazol, de quanto em quanto tempo fazer a TPA e por quanto tempo?
Qual peixe? Tamanho?

A TPA tem a função de evitar intoxicação por amônia. Num volume de água tão pequeno a amônia pode subir rapidamente (1, 2 dias). A quantidade e tipo de alimento também contribui.

Eu faria no pelo menos 50% diária.
 
Likes: peixotogui
18 Junho 2019
3
0
1
27
#31
Qual peixe? Tamanho?

A TPA tem a função de evitar intoxicação por amônia. Num volume de água tão pequeno a amônia pode subir rapidamente (1, 2 dias). A quantidade e tipo de alimento também contribui.

Eu faria no pelo menos 50% diária.
Peixe ocellaris tamanho de mais ou menos 3,5 cm

Fazendo a tpa de 50% estaria colocando a solução de matronidazol novamente em todas as tpas ou só 50% também dela?
 

Membros que estão vendo este Thread (Membros: 0, Convidados: 1)

Top Bottom