Ajuda com suposta hexamita. Metronidazol? Tratar no aquário?

25 Janeiro 2017
96
34
0
#1
Olá amigos, boa tarde.
Gostaria da ajuda de vcs para solucionar um problema com minha ocellaris.
Ja possuo ela e um macho há cerca de 6 meses, logo no início eles tiveram ictio mas ja estão 100% recuperados e nunca mais vi pontos desde então.
O problema é que desde ontem notei que ela está bem acanhada numa gruta e não demonstra interesse em vir comer, alem disso, de madrugada e agora a tarde estou notando que as fezes dela estão vindo brancas e finas.
Suspeito que seja hexamita.
O que vocês acham?

Se for hexamita mesmo, conheço o tratamento com metronidazol(não revestido)
Mas não sei a dosagem necessária para o tratamento e nem se dá pra tratar no aquario pois nao tenho hospital e atualmente e infelizmente não tenho condições de montar um.

Enviado de meu SM-G903M usando Tapatalk
 
25 Janeiro 2017
96
34
0
#3
Obrigado pelo repost Leo, inclusive ja tinha lido este tópico, mas minha grande dúvida que nao foi sanada nesse tópico é se eu posso dosar o medicamento no aquario principal poia nao tengo condições de montar um aqua hospital.

Sobre corais, tenho em geral corais moles, com exceção do hammer e eu acho que do organ pipes e de uma anemona bbt anã verde ponta rosa.
De resto apenas corais moles comuns, paalythoas, zoanthus, mushes, cloves, gsp etc.
E paguros e turbos.

Enviado de meu SM-G903M usando Tapatalk
 


25 Janeiro 2017
498
1.132
0
41
Indaiatuba, SP
#4
Marcus, de acordo com o post que eu linkei:
A dose necessária de metronidazol [...] é de 40 mg/litro e, sim, nessa concentração pode afetar as zooxantelas dos corais (os corais propriamente ditos não) e causar "bleaching"; o "filtro biológico" aeróbico (nitrificante) não é afetado.
Os teus corais fotossintéticos e a anêmona possuem zooxantelas.

Pode dosar no display? Sim.
Há riscos envolvidos em dosar no display? Sim.
Qual o risco? Matar as zooxantelas dos teus corais o que leva eles a esbranquiçar e morrer.

Para mitigar os riscos, recomendo releitura do post do @Jose Mayo, pois ele explica como minimizar o efeito nas zooxantelas.

NINJA EDIT: Marcus, parece que tu estás procurando alguém que vá assumir esse risco por ti e dizer que vai dar tudo certo se medicar no display. Não rola. Todo mundo recomenda um aquário hospital.
 
25 Janeiro 2017
498
1.132
0
41
Indaiatuba, SP
#5
Eu faria o seguinte:
Pega uma caixa plástica dessas de organizador e monta um hospital nela.
São apenas 10 dias de tratamento.
Dá pra tocar até com uma bombinha de ar e pedra porosa para oxigenação e circulação.
Tu estás em Ribeirão Preto - talvez precise de aquecedor. Estou em Indaiatuba e aqui anda bem quente.

Lembra de ficar de olho na amônia. Se precisar, corrige com TPA ou Seachem Stability.
 
25 Janeiro 2017
96
34
0
#6
Eu faria o seguinte:
Pega uma caixa plástica dessas de organizador e monta um hospital nela.
São apenas 10 dias de tratamento.
Dá pra tocar até com uma bombinha de ar e pedra porosa para oxigenação e circulação.
Tu estás em Ribeirão Preto - talvez precise de aquecedor. Estou em Indaiatuba e aqui anda bem quente.

Lembra de ficar de olho na amônia. Se precisar, corrige com TPA ou Seachem Stability.
Leonardo, agradeço por todas as dicas, acabei montando um hospital sim, inclusive ja está pronto e da maneira mais sinples possivel kkkkkkk.

Coloquei uma beteira com uma bombinha bem fraca dentro do display kkkkk

De noite quando ela estiver dormindo pego ela e coloco aí, pq pra pegar ela agora... tem nem como se não desmontar o layout todo.

Você acha melhor ja dosar o remedio e deixar pronto ou doso só com ela no hospital?


Enviado de meu SM-G903M usando Tapatalk
 
25 Janeiro 2017
498
1.132
0
41
Indaiatuba, SP
#7
Ficou show. E já resolveu o problema da temperatura junto.

Pode dosar agora - já vai misturando.
Quando for pegar ela de noite, lembra de iluminar com uma lanterna / flash do celular.
Aí ela vai ficar meio atordoada com a luz forte e fica mais fácil de pegar.

Anota bem quanto de remédio tu usou. Para fazer TPAs no hospital, faz de 50% e coloca metade do remédio.
Desta maneira, tu mantém a mesma concentração do metronidazol durante os dez dias mesmo com TPAs.

E fica de olho bem aberto com a amônia. É um sistema pequeno e pode subir rapidamente.
 
25 Janeiro 2017
96
34
0
#8
Ficou show. E já resolveu o problema da temperatura junto.

Pode dosar agora - já vai misturando.
Quando for pegar ela de noite, lembra de iluminar com uma lanterna / flash do celular.
Aí ela vai ficar meio atordoada com a luz forte e fica mais fácil de pegar.

Anota bem quanto de remédio tu usou. Para fazer TPAs no hospital, faz de 50% e coloca metade do remédio.
Desta maneira, tu mantém a mesma concentração do metronidazol durante os dez dias mesmo com TPAs.

E fica de olho bem aberto com a amônia. É um sistema pequeno e pode subir rapidamente.
Isso ai Leo, vou fazer isso, medi aqui com a proveta do lab. e essa beteira ta com 1L, vou usar 50mg do metronidazol.
Diluo o comprimido de 250mg em 100ml e faço uma solução á 2.5mg/ml e dessa solução doso 20ml no hospital

Então o hospital ficará com 1.2L e 50mg de metronidazol.
Terei apenas 2mg a mais, penso que não fará diferença pois talvez esse valor cubra a parte do remédio que é perdida ou degradada por algum motivo.

Enviado de meu SM-G903M usando Tapatalk
 
25 Janeiro 2017
498
1.132
0
41
Indaiatuba, SP
#9
Mais um detalhe importante a ser lembrado, baseado no tópico que está rolando de tratamento de ictio.
Um colega teve problema de variação de temperatura por conta da TPA.

Equalizar a temperatura da água de TPA antes de fazer... Ainda mais em 1 litro. Assim evita choque térmico no "paciente".
 
25 Janeiro 2017
96
34
0
#10
Mais um detalhe importante a ser lembrado, baseado no tópico que está rolando de tratamento de ictio.
Um colega teve problema de variação de temperatura por conta da TPA.

Equalizar a temperatura da água de TPA antes de fazer... Ainda mais em 1 litro. Assim evita choque térmico no "paciente".
Sim, claro.
Faço sempre isso, mas nessa porção eu vou tomar mais cuidado ainda

Enviado de meu SM-G903M usando Tapatalk
 
25 Janeiro 2017
96
34
0
#11
Mais um detalhe importante a ser lembrado, baseado no tópico que está rolando de tratamento de ictio.
Um colega teve problema de variação de temperatura por conta da TPA.

Equalizar a temperatura da água de TPA antes de fazer... Ainda mais em 1 litro. Assim evita choque térmico no "paciente".
O único detalhe que esqueci de mencionar é que não tenho os testes, então vai ter que ir no olhometro mesmo, vou controlar muito rigorasamente a comida e as TPAs e o que cair de comida no fundo, tiro com uma pinça.

Acabei de montar tudo, e ja está pronto para separa-la

Enviado de meu SM-G903M usando Tapatalk
 
25 Janeiro 2017
498
1.132
0
41
Indaiatuba, SP
#12
Marcus, entendo perfeitamente. É que nessas horas de hospital, amônia subindo, peixe doente, aquela vontade de fazer tudo certo, pena do bixinho que não está legal... a gente acaba esquecendo algo.
Então é sempre bom lembrar do básico.

Boa sorte no tratamento. Eu perdi um dos palhacinhos que eu tinha comprado e já veio doente com hexamita. O outro está super bem (junto com o preto que comprei depois). Mantenha-nos atualizados!
 
25 Janeiro 2017
96
34
0
#13
Marcus, entendo perfeitamente. É que nessas horas de hospital, amônia subindo, peixe doente, aquela vontade de fazer tudo certo, pena do bixinho que não está legal... a gente acaba esquecendo algo.
Então é sempre bom lembrar do básico.

Boa sorte no tratamento. Eu perdi um dos palhacinhos que eu tinha comprado e já veio doente com hexamita. O outro está super bem (junto com o preto que comprei depois). Mantenha-nos atualizados!
Sim, te agradeço imensamente pela ajuda.
Vou manter tudo atualizado aqui no tópico para que posteriormente outras pessoas possam ser ajudadas também r inclusive usar minha idéia de hospital gambiarra para quem não possa montar um hospital completo kkkkkk.

Enviado de meu SM-G903M usando Tapatalk
 
25 Janeiro 2017
96
34
0
#18
Estou acompanhando esse "Dr. House - Fish Edition"..
Sua idéia de hospital foi ótima, na minha opinião.
Boa sorte
Obrigado pelo apoio William, logo mais estarei postando os calculos e metodos de dissolução do remédio
Tenho apenas que adaptar para uma maneira mais caseira, pois trabalho num lab. farmacêutico e fiz todo o procedimento usando equipamentos laboratoriais que nem todo mundo tem acesso.

Acabei de acender a luz do aquario e percebi que de ontem pra hoje ela ja ficou muito agitada, não consegui definir se ja é o medicamento surtindo efeito ou se é a troca de ambiente, suponho que seja a segunda opção, e para amenizar o estress dela estou pensando em separar o parceiro dela junto também. Acho que submeter ele ao tratamento não fará mal e pode servir como prevenção para ele também.

Edit: ela parece meio afobada em ve-lo e não poder estar junto.



Enviado de meu SM-G903M usando Tapatalk
 
25 Janeiro 2017
96
34
0
#20
Você pode colocar um pedaço de cano dentro da beteira. Ter aonde se esconder costuma acalmar o peixe.
Excelente ideia Junio.
Ja coloquei inclusive.
O outro palhaço também, e ela ja parece mais calma.

Acabei de trocar 240ml da água e repuz o remedio na agua da troca também.

Tentei alimenta-la e ela não pegou, nao sei se ficou com medo ou é a recusa normal da doença.
Ela acabou de defecar e pelo menos dessa vez, não saiu branca e filamentosa, saiu consistente e transparente.

Enviado de meu SM-G903M usando Tapatalk
 
Likes: 2 people

Membros que estão vendo este Thread (Membros: 0, Convidados: 1)

Top Bottom